Apresentado por VANS

Vans apresenta sua primeira Brand Showcase na América Latina

Em uma área de 250m2, a Vans Store Avenida Paulista apresenta experiências de marca, skate shop e as principais coleções de tênis, roupas e acessórios
Vans Store Avenida Paulista, em SP: os quatro pilares da marca (esportes de ação, arte, música e cultura de rua) reunidos em um só lugar (Flávio Kenji/Divulgação)
Vans Store Avenida Paulista, em SP: os quatro pilares da marca (esportes de ação, arte, música e cultura de rua) reunidos em um só lugar (Flávio Kenji/Divulgação)
e
exame.solutions

Publicado em 10/09/2021 às 09:00.

Última atualização em 13/09/2021 às 11:09.

Epicentro da diversidade – um pilar genuinamente defendido pela Vans desde o início da sua história, na década de 1960 –, a Avenida Paulista foi o local escolhido para a inauguração da primeira Brand Showcase da marca na América Latina.

“A Avenida Paulista é como uma pista para os skatistas; palco para os músicos; e tela em branco para os artistas”, diz Maíra Anastassakis, Brand Manager da Vans no Brasil.

A nova loja, diz ela, representa literalmente o propósito da marca, de proporcionar a expressão criativa para o consumidor, através dos seus quatro pilares: esportes de ação, arte, música e cultura de rua.

Um ponto de encontro

E é exatamente isso que os fãs que visitam a Brand Showcase vivenciam; a começar pela entrada, um espaço de descompressão rotativo que, além de apresentar os valores, DNA e conceito da Vans, atualmente traz uma miniexposição da campanha de marca intitulada de “Estes projetos são um convite à criatividade”.

Arte nas paredes: obra do Felipe Yung, o “Flip”, chamam a atenção de quem sobe para o mezanino. (Flávio Kenji/Divulgação)

Subindo as escadas para o mezanino dedicado especialmente para à divisão de skate da Vans, onde também foi montada uma skate shop e um espaço de imersão cultural, é possível apreciar a intervenção de um dos principais nomes da arte de rua nacional: o artista plástico e grafiteiro Felipe Yung, mais conhecido como “Flip”.

“Nosso desafio foi retratar a nossa importância global através do mais elevado padrão de varejo da marca, considerando, é claro, a relevância local”, diz Maíra.

E é em meio a esse clima descontraído que os consumidores podem conferir de perto as principais coleções de tênis, vestuário e acessórios da Vans, como os icônicos Classics em numerações que vão do 33 ao 45, sem distinção de gênero. As mulheres, inclusive, já respondem por 55% das vendas.

Embaixadores com propósito

O público feminino também está bem representado no time dos esportes de ação da Vans, que conta com 14 skatistas, entre eles Ariadne Souza e Yndiara Asp, além quatro surfistas e três pilotos de BMX. Não é incomum, aliás, esbarrar com um desses embaixadores pela loja.

“Nosso conceito é mais de comunidade do que de competição. O mais importante é a celebração do skate como estilo de vida. A gente fomenta que eles se divirtam andando e que isso esteja intrínseco no DNA deles”, afirma Maíra.

Uma executiva “Off The Wall”

À frente da Vans desde janeiro do ano passado, quando a marca passou a ser distribuída no Brasil pela Arezzo&Co, Maíra é a primeira mulher a assumir esse posto na América do Sul. Um desafio que se tornou ainda maior com a chegada da pandemia.

“Uma das nossas prioridades foi melhorar o e-commerce e aumentar a disponibilidade dos produtos online”, conta. Junto com o fechamento das lojas, veio também a corrida contra o tempo para oferecer aos consumidores ferramentas omnichannel, como pagamentos via link, atendimento por WhatsApp, opção de compra pela internet com retirada em loja, e prateleira infinita (quando o cliente não encontra um produto em loja, mas pode comprá-lo e receber em casa).

A força-tarefa surtiu efeito. De janeiro para cá, as vendas online da Vans saltaram de 10% para 25%. O número de lojas também subiu de sete para 19, e a previsão é de que outras cinco sejam abertas até o final do ano. “A gente tem um plano de expansão de marca. As lojas são consequência”, reforça Maíra.

Maíra Anastassakis, Brand Manager da Vans no Brasil: nova loja celebra a expressão criativa e a cultura de rua, conta com skate shop e recebe as principais coleções da marca (Leandro Fonseca/Divulgação)

Quem a vê hoje à vontade, de camiseta e tênis, nem imagina que até 2017 a executiva trabalhava na área financeira. “Mudei de carreira e fui me descobrindo aos poucos. Hoje posso afirmar que me encontrei. Posso me expressar por meio dos meus tênis e da minha roupa; me divirto trabalhando e sinto uma felicidade plena de poder fazer o meu melhor”, comemora Maíra.

Tudo isso, em seu melhor estilo “Off The Wall”. Afinal, como disse Paul Van Doren, co-fundador da Vans, Maíra não está liderando uma empresa que faz tênis, mas sim uma empresa de pessoas que fazem tênis.

Veja as fotos da Vans Store Paulista