Vallourec faz cortes na Europa e transfere produção para Brasil

O plano, que deve ser concluído no primeiro trimestre de 2024, aumentará o lucro recorrente antes de juros, impostos, depreciação e amortização em 230 milhões de euros
 (Vallourec Mineração/Divulgação)
(Vallourec Mineração/Divulgação)
Por Francois de Beaupuy (Bloomberg)Publicado em 18/05/2022 19:15 | Última atualização em 18/05/2022 19:15Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Vallourec, fabricante francesa de tubos de aço usados por perfuradoras de petróleo e gás, cortará cerca de 2.950 empregos, fechará algumas fábricas na Alemanha, França e Reino Unido e transferirá parte da produção para o Brasil para acelerar o crescimento dos lucros à medida que a demanda se recupera.

O plano, que deve ser concluído no primeiro trimestre de 2024, aumentará o lucro recorrente antes de juros, impostos, depreciação e amortização em 230 milhões de euros (US$ 241 milhões), disse a empresa, que reestruturou sua dívida no ano passado, em comunicado na quarta-feira. A melhora de geração de caixa será de 250 milhões de euros graças a uma redução nas despesas de capital.

“Essas decisões devem permitir que a Vallourec permaneça lucrativa, quaisquer que sejam as condições do mercado”, disse Philippe Guillemot, que foi nomeado CEO em março com a tarefa de melhorar os resultados. Na Alemanha, onde cerca de 2.400 empregos serão cortados, as operações da Vallourec perderam em média 100 milhões de euros por ano nos últimos anos, afirmou.

O setor de serviços petrolíferos está se beneficiando de uma recuperação pós-pandemia na demanda de energia. No entanto, os produtores de hidrocarbonetos continuam cautelosos em aumentar os gastos com exploração e novos poços para evitar investimentos excessivos que ocorreram durante os booms anteriores da demanda.

O Ebitda da Vallourec caiu para 45 milhões de euros nos primeiros três meses deste ano, de 80 milhões de euros um ano antes, pois a empresa teve de suspender temporariamente as operações em uma mina de minério de ferro no Brasil.

Graças à recuperação da demanda e ao reinício progressivo de sua atividade de mineração, a Vallourec agora espera que seu Ebitda aumente “significativamente” este ano.

LEIA TAMBÉM: 

Google entrará com pedido de falência na Rússia, diz agência

Quem é o maior bilionário da China, duas vezes mais rico que Jack Ma