Negócios

Vale avalia que é viável retomada da Samarco até 2017

A Vale é uma das proprietárias da Samarco, em uma joint venture meio a meio com a anglo-australiana BHP Billiton


	Samarco: a Vale é uma das proprietárias da Samarco, em uma joint venture meio a meio com a anglo-australiana BHP Billiton
 (Ricardo Moraes/Reuters)

Samarco: a Vale é uma das proprietárias da Samarco, em uma joint venture meio a meio com a anglo-australiana BHP Billiton (Ricardo Moraes/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 18 de outubro de 2016 às 14h25.

São Paulo - O retorno das operações da mineradora Samarco até meados de 2017 "sem dúvida alguma" é viável, afirmou nesta terça-feira o diretor-executivo de Recursos Humanos, Saúde & Segurança, Sustentabilidade e Energia da mineradora Vale, Clovis Torres, após participar da abertura do World Mining Congress, no Rio de Janeiro.

"Não faz sentido imaginar que toda vez que existir um acidente, como penalidade, a empresa tenha que deixar de existir... Tem que corrigir sim o erro que teria ocorrido, melhorar a situação das comunidades e fazer justamente o que é o propósito de sua existência, gerar emprego, gerar tributos, gerar riquezas", afirmou Torres a jornalistas.

A Vale é uma das proprietárias da Samarco, em uma joint venture meio a meio com a anglo-australiana BHP Billiton.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasMineraçãoSamarcoSiderúrgicasVale

Mais de Negócios

Apple mantém diálogos com concorrente Meta sobre IA

30 franquias baratas para começar a empreender a partir de R$ 9.500

Empreendendo no mercado pet, ele saiu de R$ 50 mil para R$ 1,8 milhão. Agora, aposta em franquias

Ele quer chegar a 100 lojas e faturar R$ 350 milhões com produtos da Disney no Brasil

Mais na Exame