Acompanhe:
seloNegócios

Telefônica lança rede de fundos para financiar inovação

Os fundos poderão ser abastecidos por outras companhias e investidores dispostos a financiar empresas tecnológicas de alto valor agregado

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Telefônica: a Telefônica realizará uma contribuição inicial de 68 milhões de euros, que serão desembolsados em cinco anos
 (Dominique Faget/AFP)

Telefônica: a Telefônica realizará uma contribuição inicial de 68 milhões de euros, que serão desembolsados em cinco anos (Dominique Faget/AFP)

D
Da Redação

Publicado em 4 de setembro de 2012 às, 17h08.

São Paulo - A companhia espanhola Telefônica anunciou nesta terça-feira o lançamento de uma rede de fundos de capital de risco em diferentes países, com um investimento inicial de 300 milhões de euro, e que terá por objetivo identificar e financiar empresas inovadoras que possam ter um alto impacto no mundo digital.

Trata-se da rede "Amérigo", que conta com a adesão inicial dos governos da Espanha, Colômbia, Chile e Brasil, segundo um comunicado que a Telefônica divulgou hoje simultaneamente em São Paulo e Madri.

A rede internacional de fundos público-privados recebeu o compromisso de investimento de grupos financeiros que atuam no setor tecnológico nestes países, segundo a nota.

Os fundos poderão ser abastecidos por outras companhias e investidores dispostos a financiar empresas tecnológicas de alto valor agregado.

"O objetivo é construir as bases de uma rede global de inovação que incentive empresas e novos serviços digitais no mundo, especialmente em regiões como a América Latina", disse o comunicado.

A Telefônica lembrou que o setor de desenvolvimento de novos serviços e tecnologias digitais é o que mais recebe financiamento de fundos de capital de risco no mundo.

A rede nasceu com um capital inicial já comprometido de cerca de 300 milhões de euros, valor considerado suficiente para impulsionar projetos empresariais de até um milhão de euros.

A Telefônica realizará uma contribuição inicial de 68 milhões de euros, que serão desembolsados em cinco anos.

A Amérigo atuará em sua etapa inicial na Espanha, Colômbia, Chile e Brasil, países nos quais já conta com sócios, entre instituições públicas e privadas, dispostas a investir nos fundos de capital de risco.

A rede "está selecionando em cada país os melhores gerentes de fundos de capital de risco especializados no setor de tecnologia da informação e comunicação", segundo a Telefônica. Os gerentes serão responsáveis por identificar a capacidade inovadora das empresas locais. 

Últimas Notícias

Ver mais
Boa Safra lança oferta de até R$ 400 milhões para financiar crescimento
Exame IN

Boa Safra lança oferta de até R$ 400 milhões para financiar crescimento

Há 2 dias

O plano de 100 dias da Sabesp para o pós-privatização
Exame IN

O plano de 100 dias da Sabesp para o pós-privatização

Há 3 dias

Inovação com disciplina: a fórmula ‘ambidestra’ por trás do crescimento do iFood
Exame IN

Inovação com disciplina: a fórmula ‘ambidestra’ por trás do crescimento do iFood

Há 6 dias

Setor de telecom recolhe R$ 246 bi para fundos em 22 anos, mas apenas 8% é utilizado, aponta Conexis
Economia

Setor de telecom recolhe R$ 246 bi para fundos em 22 anos, mas apenas 8% é utilizado, aponta Conexis

Há 6 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais