Negócios

Royal Bank of Scotland fecha unidades na Ásia

Medida é o mais recente passo para reduzir o tamanho da divisão de banco de investimento

A decisão ocorre após o recente acordo do banco britânico com o grupo CIMB para vender ativos asiáticos, sinalizando que o segundo maior banco da Malásia está de olho no RBS (Peter Macdiarmid/Getty Images)

A decisão ocorre após o recente acordo do banco britânico com o grupo CIMB para vender ativos asiáticos, sinalizando que o segundo maior banco da Malásia está de olho no RBS (Peter Macdiarmid/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 20 de março de 2012 às 09h05.

Hong Kong/Cingapura - O Royal Bank of Scotland está fechando as unidades de mercado de capitais e finanças corporativas na Coreia do Sul e os negócios de câmbio na Indonésia, Coreia do Sul e Cingapura, o mais recente passo para reduzir o tamanho da divisão de banco de investimento.

A decisão ocorre após o recente acordo do banco britânico com o grupo CIMB para vender ativos asiáticos, sinalizando que o segundo maior banco da Malásia está de olho nos negócios do Royal Bank of Scotland em Hong Kong, Índia e Austrália para aumentar presença em banco de investimento na Ásia.

Uma porta-voz do banco britânico disse que 70 funcionários serão impactados pelo fechamento das unidades.

Uma parte significativa das operações do Royal Bank of Scotland está em Hong Kong, Cingapura, Austrália e Índia. O banco britânico está presente em 11 países da região, entre eles a China.

Acompanhe tudo sobre:ÁsiaBancosCortes de custo empresariaisFinançasgestao-de-negociosRoyal Bank of Scotland

Mais de Negócios

Com doações da Gerdau e da Vale, novo fundo mira R$ 100 milhões para ajudar a reconstruir o RS

“Sem dados não é possível fazer a comparação da energia que merecemos”, diz especialista da Globant

O plano de R$ 250 milhões da dona dos sorvetes Nestlé para ganhar a liderança do mercado no Brasil

5 tipos de embalagens de alimentos para priorizar nas compras do supermercado

Mais na Exame