Negócios

Record teria demitido mais de 300 funcionários, diz Folha

Entre domingo e segunda, a emissora de Edir Macedo teria dispensado boa parte da equipe, dando prosseguimento a sua estratégia de terceirização da produção


	A equipe dispensada faria parte do RecNov, complexo dos estúdios de dramaturgia da Record, no Rio de Janeiro
 (Edu Moraes/Record)

A equipe dispensada faria parte do RecNov, complexo dos estúdios de dramaturgia da Record, no Rio de Janeiro (Edu Moraes/Record)

DR

Da Redação

Publicado em 4 de junho de 2013 às 14h02.

São Paulo – A crise no orçamento da Rede Record continua gerando polêmica. Nesta terça-feira, nota na coluna Outro Canal, da Folha, informa que 300 funcionários teriam sido demitidos da emissora de televisão.

A equipe dispensada faria parte do RecNov, complexo dos estúdios de dramaturgia da Record, no Rio de Janeiro.

Segundo o jornal, o protesto dos funcionários dentro da empresa tem sido bem humorado. Um pôster na produção do programa “Melhor do Brasil” teria sido uma das manifestações da equipe. O material simularia um cartaz de filme com uma foto de Rodrigo Faro e o título “Em busca da Produção Perdida”.

Terceirização

Em maio, a política de restrição de custos da empresa ganhou visibilidade quando surgiram rumores de que a empresa estaria adotando a terceirização como forma de restrição de custos. Segundo o mesmo jornal, a Record cogitava a hipótese de terceirizar a produção de conteúdo de entretenimento.

O canal Na Telinha, da UOL, informou ontem que todo o departamento de cenografia, estaria sendo terceirizado - nada mais seria feito por profissionais contratados da casa. Outros, como o de segurança e maquiagem, também estariam a caminho da terceirização.

Acompanhe tudo sobre:Cortes de custo empresariaisDemissõesDesempregoEmissoras de TVEmpresasGestão de pessoasgestao-de-negociosRede RecordRedes de TVServiçosTerceirizaçãoTV

Mais de Negócios

Após balanço, fortuna de Jensen Huang, CEO da Nvidia, avança R$ 39,4 bilhões em 1 dia

Esses 4 colegas da faculdade receberam R$ 10 milhões por tecnologia contra dorminhocos no trânsito

Sobra resiliência, falta comunicação: o potencial latino de atrair investimentos é debate na China

Uber vai lançar categoria exclusiva de carros híbridos e elétricos no Brasil

Mais na Exame