Negócios

RBS e Dexia anunciam prejuízos

O banco franco-belga revelou um prejuízo de 11,6 bilhões de euros em 2011, recorde na história francesa

O RBS, resgatado pelo Estado britânico, fechou 2011 com perdas de 1,99 bilhão de libras, resultado pior que o de 2010 (Justin Tallis/AFP)

O RBS, resgatado pelo Estado britânico, fechou 2011 com perdas de 1,99 bilhão de libras, resultado pior que o de 2010 (Justin Tallis/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 23 de fevereiro de 2012 às 09h01.

Londres - O britânico Royal Bank of Scotland (RBS) e o franco-belga Dexia anunciaram nesta quinta-feira grandes prejuízos em seus resultados de 2011.

O RBS, resgatado pelo Estado britânico, fechou 2011 com perdas de 1,99 bilhão de libras (2,35 bilhões de euros, 3,12 bilhões de dólares), resultado pior que o de 2010 (1,12 bilhão de libras).

O banco, com 82% de participação estatal, afirmou que os resultados do ano passado sofreram o impacto de cargas excepcionais relacionadas com a desvalorização de seus títulos da dívida grega e com os litígios em suas atividades de seguros de crédito.

O Dexia revelou um prejuízo de 11,6 bilhões de euros em 2011, recorde na história francesa.

A cessão do Dexia Banque Belgique custou quatro bilhões de euros, enquanto os repasses para enfrentar a crise na Grécia representaram 3,4 bilhões de euros.

Acompanhe tudo sobre:BancosFinançasPrejuízoRoyal Bank of Scotland

Mais de Negócios

Com doações da Gerdau e da Vale, novo fundo mira R$ 100 milhões para ajudar a reconstruir o RS

“Sem dados não é possível fazer a comparação da energia que merecemos”, diz especialista da Globant

O plano de R$ 250 milhões da dona dos sorvetes Nestlé para ganhar a liderança do mercado no Brasil

5 tipos de embalagens de alimentos para priorizar nas compras do supermercado

Mais na Exame