Acompanhe:
seloNegócios

Quem é a dona da Starbucks e do Eataly no Brasil que pediu recuperação judicial de R$ 1,8 bilhão

Segundo a companhia, a crise econômica no Brasil resultante da pandemia, a inflação e a permanência de taxas de juros elevadas agravaram os desafios do negócio

Modo escuro

Continua após a publicidade
SouthRock: empresa é responsável pela operação da Starbucks no Brasil (SouthRock/Divulgação)

SouthRock: empresa é responsável pela operação da Starbucks no Brasil (SouthRock/Divulgação)

Dona da Starbucks e do Eataly no Brasil, a SouthRock pediu recuperação judicial. A empresa confirmou a informação em nota enviada à EXAME. Segundo a companhia, a crise econômica no Brasil resultantes da pandemia, a inflação e a permanência de taxas de juros elevadas agravaram os desafios do negócio.

"Neste cenário, a SouthRock segue comprometida a defender a sua missão e seus valores, enquanto entra em uma nova fase de desafios, que exige a reestruturação de seus negócios para continuar protegendo as marcas das quais tem orgulho de representar no Brasil, os seus Partners (colaboradores), consumidores e as operações de suas lojas", disse em nota.

A EXAME também teve acesso ao pedido de recuperação judicial, em que a empresa alega dívidas de 1,8 bilhão de reais. Na petição inicial, também justifica os motivos do pedido falando que:

  • Situação da economia brasileira, caracterizada pelo "baixo grau de confiança e alta instabilidade, bem assim como pela volatilidade das taxas de juros e constantes variações cambiais que desequilibram o mercado e atingem fortemente o empreendedor brasileiro"
  • Quedas de venda de 90% durante 2020, 70% durante 2021 e 30% durante 2022
  • Dificuldade de conseguir crédito para capital de giro
  • Elevação dos preços dos insumos para o setor de varejo
  • Dificuldade em questão da manutenção de lojas físicas abertas durante o período da pandemia

Por que a espera no Starbucks é tão longa — e como a cafeteria global quer resolver o problema

Quem é a SouthRock

Criada em 2015, a SouthRock é uma empresa de private equity com sede em São Paulo. Hoje, controla marcas como Starbucks, Eataly e Subway. A operadora multimarcas da SouthRock, a Brazil Airport Restaurants, inaugurou suas primeiras lojas de aeroporto em 2017. Em 2018, a SouthRock tornou-se a Master Licensee (Master Licenciada) da Starbucks e do TGI Fridays no Brasil.

Em 2019, a Starbucks expandiu sua operação para além do eixo São Paulo-Rio e agora alcança clientes em São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais.

Em maio de 2022, virou também franqueada master da Subway no Brasil – uma das maiores marcas de restaurantes de alimentação rápida do mundo. A Subway tem quase 40.000 lojas em todo o mundo, sendo mais de 1.600 unidades no Brasil.

Como será o processo de recuperação da SouthRock

Segundo a empresa, o processo de reestruturação da SouthRock já começou, com o apoio de consultores externos e stakeholders, e ganhou um novo passo nesta terça-feira, 31, com o pedido de recuperação judicial de algumas de suas marcas. Os ajustes incluem

  • Revisão do número de lojas operantes
  • Calendário de aberturas
  • Alinhamentos com fornecedores e stakeholders
  • Força de trabalho

"Estas decisões são tomadas para garantir que a empresa esteja preparada para navegar no atual ciclo econômico, à medida em que reforçam o compromisso da SouthRock com os negócios em curso, com sua responsabilidade social e corporativa e com todas as partes envolvidas em meio à volatilidade do mercado", disse em outra parte da nota.

Enquanto os ajustes estruturais são implementados, todas as marcas continuarão operando.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Recuperação judicial: Starbucks anuncia fim do programa de fidelidade, app e cartão de pagamento
seloNegócios

Recuperação judicial: Starbucks anuncia fim do programa de fidelidade, app e cartão de pagamento

Há 4 meses

Americanas, Oi, 123 Milhas e Southrock: relembre grandes recuperações judiciais de 2023
seloNegócios

Americanas, Oi, 123 Milhas e Southrock: relembre grandes recuperações judiciais de 2023

Há 4 meses

Qual o plano de uma gigante do agronegocio do Paraná para se recuperar de uma crise de R$ 1,3 bilhão
seloNegócios

Qual o plano de uma gigante do agronegocio do Paraná para se recuperar de uma crise de R$ 1,3 bilhão

Há 4 meses

Em assembleia de seis horas, credores aprovam plano de recuperação da Americanas
Exame IN

Em assembleia de seis horas, credores aprovam plano de recuperação da Americanas

Há 4 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais