Negócios

Qual o segredo do sucesso financeiro das big techs? A resposta pode estar nas finanças sustentáveis

Integrar considerações ESG nas decisões financeiras tem se mostrado uma necessidade para obter bons resultados e se manter no topo; veja como aplicar estratégia nas empresas

Desde 2018, a Apple atua com 100% de energia de fontes renováveis no mundo todo (Leandro Fonseca/Exame)

Desde 2018, a Apple atua com 100% de energia de fontes renováveis no mundo todo (Leandro Fonseca/Exame)

Guilherme Santiago
Guilherme Santiago

Content Writer

Publicado em 9 de abril de 2024 às 05h00.

No mundo dos negócios, algumas empresas se destacam não apenas pelo valor de mercado, mas também pela consistência de sucesso ao longo dos anos. É o caso das gigantes da tecnologia, como Apple, Microsoft, Amazon e Google, que juntas acumulam um patrimônio de aproximadamente US$ 9,2 trilhões. Mas o que está por trás da longevidade dessas empresas? O segredo pode estar nas finanças sustentáveis.

Isso porque integrar considerações ambientais, sociais e de governança nas decisões financeiras não é apenas uma tendência, mas uma necessidade para alcançar bons resultados e se manter no topo – e as big techs estão de olho nisso. Não à toa, empresas bilionárias fazem da sustentabilidade o pilar central de suas estratégias financeiras. 

Quer aprender tudo sobre finanças sustentáveis? EXAME apresenta masterclass gratuita e virtual sobre gestão financeira nas corporações; inscreva-se aqui

A estratégia das big techs

Gigantes da tecnologia entenderam o potencial (e urgência) das finanças sustentáveis. Para caminhar rumo ao sucesso financeiro, essas empresas passaram a adotar diversas medidas para garantir que suas operações estejam alinhadas com o ESG. Veja quais são. 

Investimento em energias renováveis

Big techs têm feito grandes investimentos em projetos de energia renovável. Desde 2018, a Apple atua com 100% de energia de fontes renováveis no mundo todo. O Google, por sua vez, anunciou em 2019 a maior compra corporativa de energias renováveis. O objetivo das duas empresas é reduzir a pegada de carbono e contribuir para um futuro mais sustentável.

Compromisso com a neutralidade de carbono

Algumas gigantes da tecnologia estabeleceram metas ambiciosas para reduzir a emissão de carbono. A Microsoft, por exemplo, está dedicada a tornar-se neutra em carbono até 2030. Mas o objetivo vai além de reduzir emissões e envolve também o investimento em projetos de compensação de carbono e ações para restaurar ecossistemas degradados.

Por tempo limitado: EXAME abre vagas para workshop de ESG com 87,5% de desconto; saiba mais

Transparência e prestação de contas

Outro aspecto crucial da estratégia das big techs é a transparência e a prestação de contas. É preciso tornar público, sempre que possível, os objetivos e metas relacionados à sustentabilidade financeira (além de relatar regularmente seu progresso). Isso não apenas mantém investidores informados, mas fortalece a confiança de consumidores e parceiros.

Inovação em tecnologias sustentáveis

Além de reduzir seu próprio impacto ambiental, as big techs também estão desenvolvendo tecnologias e soluções que ajudam outras empresas e indivíduos a adotarem práticas mais sustentáveis. Isso inclui desde plataformas de monitoramento ambiental até dispositivos e aplicativos que promovem o consumo consciente e a eficiência energética.

Você sabe o que o conhecimento em finanças sustentáveis pode fazer pela sua carreira? Descubra neste treinamento virtual e gratuito! Clique aqui e inscreva-se

O segredo para aplicar finanças sustentáveis aos negócios

Para ajudar profissionais de todas as áreas que desejam aplicar as finanças sustentáveis aos seus negócios, a EXAME apresenta a Masterclass Inteligência Financeira: A Habilidade Mais Importante para Líderes, que acontece virtualmente em 17 de abril.

Durante o encontro, que é gratuito, os participantes terão a chance de aprender também como controlar as finanças nos negócios e vão dominar tudo que há de mais relevante sobre finanças corporativas (DRE, balanço financeiro, M&A, valuation e muito mais).

Para empresários, a masterclass vai ensinar como controlar o capital de um negócio, otimizar recursos e fazer boas avaliações de investimentos. Para gestores, a aula é uma oportunidade de ouro para para melhorar a tomada de decisão em suas áreas, discutir de igual para igual com o CFO e gerir orçamentos de forma assertiva.

Veja, a seguir, os principais tópicos que serão abordados.

  • O que é um balanço financeiro?
  • Como construir um DRE?
  • O que é preciso saber sobre sistemas tributários?
  • Como tomar melhores decisões financeiras?
  • Quais os caminhos para otimizar recursos?
  • Como comunicar informações financeiras de forma clara?
  • O que é preciso para fazer bons investimentos?

Você sabe o que o conhecimento em Finanças Corporativas pode fazer pela sua carreira? Descubra neste treinamento virtual e gratuito! Clique aqui e inscreva-se

*Este é um conteúdo apresentado por Faculdade EXAME

Acompanhe tudo sobre:branded marketing

Mais de Negócios

Os engenheiros da saúde: como essa startup quer evitar perdas financeiras nos hospitais

IBM aposta em padrões abertos para incentivar o uso em escala da IA

Como a Renova Invest se mantém entre as melhores assessorias há 5 anos

Para além da Heineken na hora do aperto: o Rappi Turbo quer virar o seu próximo mercadinho de bairro

Mais na Exame