Presidente do Conselho do Grupo Rodobens morre aos 97 anos

Atualmente, ele ocupava a presidência do conselho de administração do grupo, com negócios no Brasil e Argentina

São Paulo - Aos 97 anos, morreu no domingo, 11, em São Paulo, o empresário Waldemar de Oliveira Verdi, fundador do Grupo Rodobens, conglomerado formado por mais de 60 empresas nas áreas de varejo automotivo, serviços financeiros e consórcio imobiliário.

Atualmente, ele ocupava a presidência do conselho de administração do grupo, com negócios no Brasil e Argentina.

Desde jovem, bem antes de fundar o Grupo Rodobens, há 65 anos, a marca de Verdi sempre foi o empreendedorismo.

Natural de São José do Rio Preto, cidade do interior do Estado de São Paulo, ele chegou a fabricar vassouras de piaçava em sociedade com seu professor de português, quando tinha apenas 14 anos de idade. Mas o negócio não foi para frente.

Depois, Verdi foi trabalhar numa torrefação de café e, posteriormente, com algodão, ficando conhecido como "o rei do algodão" na sua região. Mas a atividade não prosperou por causa da praga que dizimou a lavoura. Na sequência, abriu a Casa Verdi, lojas que vendiam de tudo.

Em 1949, o empresário enveredou para o ramo automobilístico e montou uma concessionária de veículos da marca Studebaker em São José do Rio Preto, posteriormente substituída pela Mercedes Benz.

Consórcio

Em 1966, ao lado do filho, Waldemar Verdi Júnior, o empresário lançou o 1º consórcio de caminhões do País. Com isso, transformou-se no maior vendedor de caminhões da marca. Em 2003, o Grupo Verdi trocou de nome e passou a se chamar Rodobens, consolidando-se nos setores automotivo e financeiro.

Em 2010, foi criada a Rodobens Negócios e Soluções, com sete unidades de negócios: banco, consórcio, corretora de seguros, leasing e locação, automóveis, veículos comerciais. Há dois anos, foi criada uma universidade corporativa para os empregados. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.