Negócios
Acompanhe:

PepsiCo lucra US$1,92 bi no 3o tri e reduz teto de estimativas

A fabricante de bebidas e petiscos registrou lucro líquido dentro das estimativas dos analistas

Fábrica da PepsiCo: empresa reduziu teto de suas previsões anuais (.)

Fábrica da PepsiCo: empresa reduziu teto de suas previsões anuais (.)

D
Da Redação

10 de outubro de 2010, 03h41

Detroit - A PepsiCo reduziu o teto de suas previsões anuais após reportar lucro trimestral dentro das estimativas de analistas nesta quinta-feira.

A fabricante de bebidas e petiscos registrou lucro líquido de 1,92 bilhão de dólares, ou 1,19 dólar por ação, no terceiro trimestre, contra 1,72 bilhão, ou 1,09 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo-se itens, o lucro por ação foi de 1,22 dólar, dentro da estimativa de analistas, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita subiu 40 por cento, para 15,5 bilhões de dólares, favorecida pela aquisição de duas grandes engarrafadoras.

O acordo de 7,8 bilhões de dólares, anunciado em fevereiro com o objetivo de reduzir custos e melhorar a distribuição de bebidas na América do Norte, ainda não apresentou todo seu resultado potencial. A Coca-Cola firmou um acordo similar no domingo.

Nesta quinta-feira, a PepsiCo também reduziu o teto de suas estimativas anuais, projetando agora uma alta no lucro por ação, excluindo-se itens extraordinários, entre 11 e 12 por cento, ante estimativa anterior de 11 a 13 por cento.

Leia mais notícias sobre lucro

Siga as últimas notícias de Negócios no Twitter