Negócios

Operador francês pagará 1 mi de euros ao Société Générale

Jérôme Kerviel já foi condenado a 5 anos de prisão por operações financeiras de alto risco que, em 2008, fizeram o banco perder 4,9 bilhões de euros


	Jérôme Kerviel: o Société Générale elogiou a decisão satisfatória da justiça
 (Thomas Samson/AFP)

Jérôme Kerviel: o Société Générale elogiou a decisão satisfatória da justiça (Thomas Samson/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 23 de setembro de 2016 às 11h06.

A justiça francesa condenou nesta sexta-feira em apelação o ex-operador Jérôme Kerviel a pagar 1 milhão de euros ao Société Générale pelas perdas milionárias que provocou quando trabalhava para este banco, uma cifra muito inferior aos 4,9 bilhões de euros de sua condenação em primeira instância.

O ex-operador de 39 anos já foi condenado pela justiça a 5 anos de prisão por suas operações financeiras de alto risco que, em 2008, fizeram o banco perder 4,9 bilhões de euros.

O Société Générale elogiou a decisão satisfatória da justiça, segundo o advogado do banco, Jean Veil.

Kerviel, considerado por seus detratores um fraudador e por seus defensores um bode expiatório, sempre disse que o banco conhecia suas operações de alto risco, enquanto que o Société Générale o acusa de ser o único responsável pelas perdas colossais.

Acompanhe tudo sobre:BancosEmpresas francesasFinançasPrejuízoSociété Générale

Mais de Negócios

Temu: quem é a rival da Amazon nos EUA que acaba de ser autorizada a atuar no Brasil

JBS anuncia doação de 1 milhão de quilos de proteína aos desabrigados no Rio Grande do Sul

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Com tecnologia para tirar o Excel da vida de CFOs, Accountfy capta US$ 6,5 mi com HDI e Red Ventures

Mais na Exame