Negócios

Odebrecht e FFC construirão metrô no Panamá

Consórcio formado pelas empresas brasileira e espanhola venceu licitação com oferta de US$ 1,446 bilhões

Odebrecht participou da construção de linhas do metrô do Rio de Janeiro e de São Paulo (Divulgação/Odebrecht)

Odebrecht participou da construção de linhas do metrô do Rio de Janeiro e de São Paulo (Divulgação/Odebrecht)

DR

Da Redação

Publicado em 27 de outubro de 2010 às 18h36.

Panamá - A Odebrecht ganhou nesta quarta-feira a licitação para construir a primeira linha de metrô do Panamá, juntamente com a espanhola FFC.

O consórcio vencedor apresentou uma oferta de US$ 1,446 bilhões, ligeiramente superior aos US$ 1,401 bilhões oferecidos pelo concorrente.

Após uma reunião a portas fechadas de mais de uma hora e um ato do qual participou o presidente do país, Ricardo Martinelli, foi anunciada a concessão da obra ao consórcio formado pelas construtoras brasileira e pela espanhola.

O titular da Secretaria do Metrô, Roberto Roy, afirmou à Agência Efe que o consórcio ganhador tem agora 38 meses - até 31 de dezembro de 2013 -, para concluir a obra.

A Linha 1 do Metrô cobrirá o eixo norte-sul da capital e terá 14 estações, com uma extensão de 14 quilômetros.

A proposta do consórcio para a Linha 1 se baseia no modelo do trem Alstom (França).

O representante do grupo vencedor, Antonio Gavioli, afirmou à Efe que o sucesso da proposta se deveu a um "trabalho muito intenso" do grupo desde o início da concorrência pela licitação da obra.

"A experiência das construtoras e a presença de nossas empresas aqui" nos ajudou a ganhar, disse Gavioli, quem acrescentou que o consórcio trabalhará "dia e noite" para o benefício dos milhares de panamenhos.

A Odebrecht participou da construção de linhas do metrô do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas brasileirasEmpresas estataisEstatais brasileirasInfraestruturaMetrô de São Paulomobilidade-urbanaNovonor (ex-Odebrecht)Setor de transporteTransporte e logísticaTransporte públicotransportes-no-brasil

Mais de Negócios

10 franquias baratas de limpeza para empreender a partir de R$ 27 mil

A malharia gaúcha que está produzindo 1.000 cobertores por semana — todos para doar

Com novas taxas nos EUA e na mira da União Europeia, montadoras chinesas apostam no Brasil

De funcionária fabril, ela construiu um império de US$ 7,1 bilhões com telas de celular para a Apple

Mais na Exame