Acompanhe:
seloNegócios

Nuvemshop chega à Colômbia com investimento de R$ 53 milhões

Depois de Brasil, México e Argentina, unicórnio brasileiro continua apostando no comércio eletrônico da América Latina

Modo escuro

Continua após a publicidade
 (Nuvemshop/Divulgação)

(Nuvemshop/Divulgação)

I
Isabela Rovaroto

Publicado em 22 de novembro de 2022 às, 05h59.

Última atualização em 22 de novembro de 2022 às, 07h57.

A Nuvemshop, plataforma de e-commerce líder na América Latina, anuncia nesta terça-feira, 22, sua chegada à Colômbia com um investimento de mais de R$ 53 milhões. Com o movimento, a empresa visa atingir 10 mil clientes no país até 2024.

Com mais de 100 mil lojas, a Nuvemshop integra produtos, pagamentos, envios e disponibiliza de um ecossistema com mais de 1.000 parceiros, como Facebook, Instagram, marketplaces e lojas físicas.

Com sedes já estabelecidas na Argentina, Brasil e México, a Nuvemshop chega ao país sul-americano depois de realizar uma das maiores rodadas de investimento em startups da história em 2021, quando se tornou unicórnio e levantou R$ 2,6 bilhões na Série E.

Veja os descontos, dicas e outros conteúdos publicados pela EXAME sobre a Black Friday 2022!

A nova filial faz parte do plano de expansão regional da Nuvemshop, que busca reduzir as barreiras que as pequenas e médias empresas enfrentam na hora de empreender e consolidar seu negócio no ambiente digital.

“Assim como já fazemos no Brasil, Argentina e México, iremos trabalhar lado a lado com parceiros locais e startups colombianas que oferecem as melhores integrações para os negócios de todos os tamanhos do país, com o objetivo de atender às necessidades dos empreendedores colombianos e continuar expandindo nosso ecossistema de e-commerce latinoamericano”, diz Alejandro Vázquez, CCO e cofundador da Nuvemshop.

Mercado colombiano

Em 2021, as vendas online na Colômbia cresceram 40%, atingindo cerca de R$ 42 milhões na cotação atual, a cifra mais alta dos últimos seis anos, segundo dados da BlackSip e da Cámara Colombiana de Comercio Electrónico.

“A Colômbia é um país que possui mais de 50 milhões de habitantes e um dos que mais possui empreendedores em toda a região latinoamericana, portanto é uma grande oportunidade para ajudarmos milhares de PMEs a oferecer seus produtos e serviços em seu próprio site, de maneira ágil, simples e acessível”, diz o executivo.

O cenário deixa claro que as PMEs têm uma perspectiva favorável para expandir seus negócios no país por meio de soluções tecnológicas como as oferecidas pela Nuvemshop.

Além disso, a Colômbia está em terceiro lugar no mercado de fintech, depois do Brasil e do México, além de ser o terceiro com mais vendas online na América Latina, segundo relatório do Banco Interamericano de Desenvolvimento em conjunto com a Finnovista.

Últimas Notícias

Ver mais
Chinesa BYD, que investiu bilhões no Brasil, está de olho nos EUA e quer fábrica no México
seloNegócios

Chinesa BYD, que investiu bilhões no Brasil, está de olho nos EUA e quer fábrica no México

Há 6 horas

Como a The Body Shop, vendida pela Natura, se "desintegrou" em 3 meses
seloNegócios

Como a The Body Shop, vendida pela Natura, se "desintegrou" em 3 meses

Há 6 horas

Nike vai demitir 1.600 funcionários em plano para reduzir custos após vendas fracas
seloNegócios

Nike vai demitir 1.600 funcionários em plano para reduzir custos após vendas fracas

Há 7 horas

De office-boy a CEO, ele transformou uma pequena vinícola gaúcha num negócio de R$ 122 mi em 4 anos
seloNegócios

De office-boy a CEO, ele transformou uma pequena vinícola gaúcha num negócio de R$ 122 mi em 4 anos

Há 9 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais