Nesta Páscoa, conheça as maiores empresas de chocolate do mundo

Os brasileiros consomem ainda mais chocolate do que a média global: aqui, são consumidos 1,2 quilos por pessoa por ano

São Paulo - Quem não gosta de um chocolate, ainda mais no período da Páscoa?

Os brasileiros consomem ainda mais chocolate do que a média global. Aqui, são consumidos 1,2 quilos por pessoa por ano, enquanto a média global é de 900 gramas. Assim, o gasto com chocolate no Brasil também é maior. O gasto por pessoa será de 16 dólares (ou 53 reais) em 2018 e 13,8 dólares no resto do mundo, de acordo com projeções feitas pela Euromonitor.

Por aqui, a empresa que mais vende chocolates e doces é a Nestlé, com 33,8% do mercado. Ela é dona do Baton, Alpino, Galak, KitKat, Prestígio, Suflair, entre outros. Em segundo lugar está a Mondelez. Com as marcas Bis, Diamante Negro e Ouro Branco, ela domina 30% do mercado no Brasil.

Já no mundo, a Mars é a companhia mais popular, com 13,6%, com as marcas M&M's, Skittles e Twix, entre outras. Veja no infográfico outras curiosidades sobre o mercado de chocolates e doces do mundo.

Os dados são da Euromonitor. Os números de 2017 são uma estimativa para o ano inteiro com base em informações preliminares disponíveis no período de pesquisa. As projeções para 2018 são deflacionadas. A pesquisa considera apenas as vendas no varejo e exclui vendas em hotéis, restaurantes, bares, entre outros pontos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também