Negócios

Morre Antônio Ermírio de Moraes, do Grupo Votorantim

Ele morreu de insuficiência cardíaca em casa e será velado a partir das 9h


	Antonio Ermírio de Moraes: ele foi responsável pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio
 (Regis Filho)

Antonio Ermírio de Moraes: ele foi responsável pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio (Regis Filho)

Karin Salomão

Karin Salomão

Publicado em 25 de agosto de 2014 às 09h18.

São Paulo - O empresário e presidente de honra do Grupo Votorantim, Antônio Ermírio de Moraes, morreu na noite de domingo. Ele faleceu de insuficiência cardíaca em casa, aos 86 anos, e deixa a mulher Maria Regina Costa de Moraes, com quem teve nove filhos.

O velório do empresário será a partir das 9h desta segunda-feira, no salão nobre do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo. A partir das 16h, o cortejo seguirá para o cemitério do Morumbi, zona oeste de São Paulo.

Ermírio iniciou sua carreira no Grupo Votorantim em 1949, e foi o responsável pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio, inaugurada em 1955.

Por quase 30 anos, ele esteve à frente do comando da Votorantim. Além de empresário, Ermírio de Moraes esteve envolvido com política, arte e filantropia.

No final dos anos 90, a saúde  Ermírio de Moraes começou a ficar frágil. Mais tarde, ele foi diagnosticado com mal de Alzheimer. Mesmo assim, continuou conduzindo a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que pertence ao grupo Votorantim.

Em 2008, ele abriu mão do comando da CBA e passou aos herdeiros a tarefa de dar continuidade ao seu legado.  

O empresário estava entre os homens mais ricos do mundo, segundo a Forbes, com fortuna avaliada em quase 4 bilhões de dólares. 

Acompanhe tudo sobre:Antônio Ermírio de MoraesBilionários brasileirosEmpresáriosEmpresasEmpresas brasileirasPersonalidadesPresidentes de empresaVotorantim

Mais de Negócios

“É função dos empresários iniciar um novo RS”, diz CEO da maior produtora de biodiesel do país

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Baré, Fruki, Coroa, Jesus: conheça os refrigerantes de guaraná que bombam pelos estados do Brasil

De gravadora a companhia aérea: conheça Richard Branson, o bilionário que inspira os donos da Cimed

Mais na Exame