Acompanhe:
seloNegócios

McDonald's fecha seu maior acordo em 20 anos para saber mais sobre você

A maior rede de lanchonetes do mundo assumirá a empresa de tecnologia Dynamic Yield por mais de US$ 300 milhões, segundo fontes

Modo escuro

Continua após a publicidade
Loja do McDonald’s nos Estados Unidos (Justin Sullivan/Getty Images/Getty Images)

Loja do McDonald’s nos Estados Unidos (Justin Sullivan/Getty Images/Getty Images)

L
Leslie Patton, da Bloomberg

Publicado em 26 de março de 2019 às, 14h46.

Última atualização em 26 de março de 2019 às, 14h50.

Em sua maior aquisição em 20 anos, o McDonald’s está comprando uma companhia de tecnologia de lógica decisória para personalizar seus cardápios na era digital. A maior rede de lanchonetes do mundo vai gastar mais de US$ 300 milhões para assumir a Dynamic Yield, segundo uma pessoa a par da transação. Com a nova tecnologia, as lanchonetes da rede poderão variar os painéis eletrônicos que mostram o cardápio, dependendo de fatores como preferências regionais, hora do dia e o clima – por exemplo, oferecendo mais café em dias frios e sorvetes McFlurry em dias de calor. Os menus também vão sugerir itens para os clientes acrescentarem ao pedido.

Desde que chegou à presidência da empresa em 2015, Steve Easterbrook vem tentando ampliar o papel da tecnologia para impulsionar as vendas e destacar a marca da concorrência, incluindo quiosques de autoatendimento, cardápios digitais e serviços de entrega. O McDonald’s raramente realiza aquisições e a compra da Dynamic Yield reflete seu empenho para alavancar a tecnologia e acelerar o crescimento nesse setor tão competitivo.

“A tecnologia é um elemento crítico do nosso plano de crescimento com velocidade”, afirmou Easterbrook em comunicado. Segundo ele, o McDonald’s está expandindo o papel que a tecnologia desempenhará no futuro da empresa e “a velocidade na qual conseguiremos implementar nossa visão de criar experiências mais personalizadas para nossos clientes”.

O McDonald’s testou o sistema da Dynamic Yield nos EUA em 2018 e ampliará seu uso nos cardápios do serviço drive-thru quando o acordo for concluído. A companhia também pretende levar o recurso às operações no exterior. Este é o maior negócio para a empresa sediada em Chicago em aproximadamente 20 anos, quando investiu na Chipotle Mexican Grill. O McDonald’s já saiu da sociedade com a rede de comida mexicana.

Sob este último acordo, o McDonald’s se torna única proprietária da Dynamic Yield, que tem sedes em Nova York e Tel Aviv. A rede de lanchonetes, com 38.000 lojas, continuará investindo na Dynamic Yield, que seguirá operando como empresa separada. O website da Dynamic Yield lista entre seus clientes as redes de lojas Urban Outfitters (vestuário) e Ikea (móveis e artigos domésticos) e o serviço de entrega de alimentos HelloFresh.

Últimas Notícias

Ver mais
Faturamento da indústria de alimentos cresceu 7,2% em 2023, para R$ 1,161 trilhão, diz Abia
Economia

Faturamento da indústria de alimentos cresceu 7,2% em 2023, para R$ 1,161 trilhão, diz Abia

Há uma semana

Procon-SP notifica McDonald’s por 'escassez' de McFish
seloMarketing

Procon-SP notifica McDonald’s por 'escassez' de McFish

Há uma semana

Um negócio de R$ 1,7 milhão: como essa empresa de cacau ajuda na recuperação de áreas degradadas
seloNegócios

Um negócio de R$ 1,7 milhão: como essa empresa de cacau ajuda na recuperação de áreas degradadas

Há uma semana

Mais McDonald’s, menos BK: Goldman rebaixa Zamp para venda
Exame IN

Mais McDonald’s, menos BK: Goldman rebaixa Zamp para venda

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais