Matriz do Carrefour investiga operação brasileira

Perdas extraordinárias podem chegar a 80 milhões de euros em 2010
Carrefour: no primeiro semestre, o lucro operacional da companhia na América Latina caiu 4,8% (.)
Carrefour: no primeiro semestre, o lucro operacional da companhia na América Latina caiu 4,8% (.)
B
Beatriz OlivonPublicado em 10/10/2010 às 03:41.

São Paulo - A matriz do Carrefour está realizando uma auditoria externa em sua subsidiária no Brasil. Em nota ao site EXAME, o grupo informou que, até o momento, não tem evidências de má conduta por parte da gestão brasileira. O varejista acrescentou que ainda não há conclusões da auditoria. Por enquanto, o grupo estima que as perdas extraordinárias para o ano todo podem chegar a 80 milhões de euros.

O grupo informou que, perante uma "performance pobre" de seus hipermercados no país, decidiu mudar a equipe de gestão e olhar com atenção para a operação. Em julho, o Carrefour anunciou que o brasileiro Luiz Fazzio substituiria Jean-Marc Pueyo na diretoria-executiva do Carrefour Brasil.

No primeiro semestre a rede varejista registrou um lucro líquido global de 82 milhões de euros. A meta da empresa para 2010 é atingir 3,1 bilhões de euros de lucro líquido operacional. O lucro operacional foi de 1,1 bilhão de euros no primeiro semestre. No período, o lucro operacional da companhia na América Latina caiu 4,8%, para 147 milhões de euros.

A empresa resolveu realizar uma "abrangente auditoria externa" devido à importância do Brasil para o grupo e para acompanhar a nova administração, segundo a matriz do Carrefour. A auditoria está sendo feita pela KPMG, que não comenta a investigação.

Leia mais sobre Carrefour

Acompanhe as notícias de Negócios do site EXAME no Twitter