Acompanhe:
seloNegócios

Lucro da Samsung recua após recall desastroso do Galaxy Note 7

Lucro da Samsung caiu 16,8% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado

Modo escuro

Continua após a publicidade
Samsung: recall do Note 7 ainda deve afetar balanços do 4º trimestre e do 1º trimestre de 2017 (Kim Hong-Ji/Reuters)

Samsung: recall do Note 7 ainda deve afetar balanços do 4º trimestre e do 1º trimestre de 2017 (Kim Hong-Ji/Reuters)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 27 de outubro de 2016 às, 07h34.

Seul - A Samsung Electronics disse que seu lucro líquido caiu 16,8%, para 4,54 trilhões de wons no terceiro trimestre, ao passo em que o recall desastroso de seu smartphone Galaxy Note 7 enviava a divisão de telefonia móvel da empresa para o seu menor lucro trimestral desde o lançamento do seu primeiro modelo Galaxy há sete anos.

De modo geral o lucro operacional da Samsung caiu 30% na comparação com o mesmo período do ano passado, ao passo em que a divisão de celulares reportava um lucro de apenas 0,1 bilhão de wons após a descontinuação do Galaxy Note 7.

O lucro operacional dos três meses encerrados em 30 de setembro foi de 5,2 trilhões de wons contra 7,39 trilhões de wons no mesmo período do ano passado, enquanto as receitas do período ficaram em 47,82 trilhões de wons, em um declínio de 7,5% na comparação com o ano anterior.

No começo do mês, a empresa disse que espera verificar um impacto adicional de cerca de 3,5 trilhões de wons do fiasco do Galaxy Note 7, nos último três meses de 2016 e os primeiros três meses de 2017.

Últimas Notícias

Ver mais
Quem é o mineiro que investiu R$ 38 milhões em um parque de realidade virtual no interior de SP 
seloNegócios

Quem é o mineiro que investiu R$ 38 milhões em um parque de realidade virtual no interior de SP 

Há 7 horas

Mistura do Brasil com Taiwan: como eles transformaram uma bebida asiática em um negócio de R$ 30 mi
seloNegócios

Mistura do Brasil com Taiwan: como eles transformaram uma bebida asiática em um negócio de R$ 30 mi

Há 7 horas

Como a Casa do Construtor fatura R$ 834 milhões alugando de furadeiras a betoneiras
seloNegócios

Como a Casa do Construtor fatura R$ 834 milhões alugando de furadeiras a betoneiras

Há 21 horas

Em negócio de R$ 20 milhões, empresa de SP compra startup para agilizar comércio no exterior
seloNegócios

Em negócio de R$ 20 milhões, empresa de SP compra startup para agilizar comércio no exterior

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais