Jeep espera vender 100.000 carros no Brasil no próximo ano

Número representa mais de seis vezes as 15.000 unidades que a marca comercializou em 2014
Jeep Compass: montadora espera que modelo faça ainda mais sucesso que o Renegade (Divulgação)
Jeep Compass: montadora espera que modelo faça ainda mais sucesso que o Renegade (Divulgação)
L
Luísa Melo

Publicado em 08/11/2016 às 10:58.

Última atualização em 08/11/2016 às 12:29.

São Paulo - A Jeep espera emplacar 100.000 carros no país no próximo ano, mais de seis vezes as 15.000 unidades que a marca comercializou em 2014.

As vendas devem ser impulsionadas pelo modelo Compass, apresentado nesta terça-feira (8) no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo.

Antes mesmo do anúncio oficial, 1.000 exemplares do novo SVU médio já foram compradas, segundo a Fiat Chrysler, montadora da marca.

A companhia aposta que o modelo terá ainda mais sucesso que o Renegade, o primeiro fabricado no Brasil.

Com a marca mais conhecida e maior capilaridade na distribuição (há dois anos Jeep tinha 40 concessionárias no Brasil, hoje são 200), a empresa também vai aumentar a oferta de linhas importadas.

Há dois meses, a marca lidera a venda de SUVs no país e diz que vai alcançar a mesma meta em toda a América Latina já em 2017.