Acompanhe:
seloNegócios

JBS reabre 2 plantas e amplia sua capacidade de abate

Juntas, as duas plantas, que ficam em Araguaína (TO) e Iguatemi (MS), podem gerar uma receita líquida extra de 1 bilhão de reais para a empresa

Modo escuro

Continua após a publicidade
L
Luísa Melo

Publicado em 3 de fevereiro de 2015 às, 17h39.

São Paulo - Ainda neste mês, a JBS abrirá dois abatedouros de bovinos que estavam sem operar há mais de quatro anos. Com o reforço, a capacidade de abate do frigorífico será aumentada para cerca de 40 mil animais por dia, segundo a empresa.

Juntas, as duas plantas, que ficam em Araguaína (TO) e Iguatemi (MS), podem gerar uma receita líquida extra de 1 bilhão de reais para os cofres da companhia,  de acordo com o Valor Econômico.

A unidade do Tocantins pertencia à Bertin, adquirida pela JBS em 2009. Já a do Mato Grosso do Sul foi comprada do Grupo Vale Grande. Ambas estavam com as atividades paralisadas.

Na primeira, que volta a funcionar no dia 28 deste mês, foram investidos 25 milhões de reais. Já na segunda, com operação prevista para iniciar no próximo dia 21, o investimento foi de 30 milhões de reais, segundo o jornal.

Com as novas plantas, a JBS passa a operar 50 unidades. Cada uma delas tem capacidade para abater 700 cabeças de gado por dia, informou a empresa. 

Foram contratados 600 funcionários para trabalhar em Araguaína, no abate e desossa de bovinos. Em Iguatemi, onde trabalharão 800 pessoas, além dessas atividades, será feita a industrialização da carne.

Conforme reportagem do Valor, a JBS contou com programas de incentivos fiscais dos governos dos dois estados para reabrir os abatedouros.

Últimas Notícias

Ver mais
Cingapura abre mercado para extrato de carne bovina do Brasil
EXAME Agro

Cingapura abre mercado para extrato de carne bovina do Brasil

Há um dia

Certificado digital para exportação de carne de frango para UE entra em vigor, diz MDIC
EXAME Agro

Certificado digital para exportação de carne de frango para UE entra em vigor, diz MDIC

Há 2 dias

França proíbe chamar produtos de origem vegetal de 'presunto' ou 'filé'
Mundo

França proíbe chamar produtos de origem vegetal de 'presunto' ou 'filé'

Há 3 dias

Agricultura quer ampliar exportações de carne para União Africana
EXAME Agro

Agricultura quer ampliar exportações de carne para União Africana

Há 5 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais