Grupo Sharp é comprado pela Hon Hai/Foxconn

A negociação será realizada mediante uma emissão especial de ações da Sharp, no valor de 489 bilhões de ienes (4,34 bilhões de dólares)

O grupo japonês Sharp, há muito tempo à beira da falência, aceitou nesta quinta-feira uma oferta de compra da Hon Hai/Foxconn, de Taiwan, na primeira aquisição de um gigante japonês da eletrônica por uma empresa estrangeira.

A Hon Hai e várias de suas filiais, entre as quais a Foxconn, vão assumir 65,91% do capital da Sharp, segundo a empresa japonesa em documentos entregues à Agência de Serviços Financeiros (FSA), consultados pela AFP.

A negociação será realizada mediante uma emissão especial de ações da Sharp, no valor de 489 bilhões de ienes (4,34 bilhões de dólares).

Segundo a imprensa, a operação poderá totalizar 700 bilhões de ienes, se levado em conta o montante da dívida da Sharp.

O anúncio foi mal recebido pelos investidores, descontentes com a ampliação de capital.

A cotação da Sharp foi suspensa temporariamente na Bolsa de Tóquio e suas ações fecharam com uma queda de quase 15%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também