Negócios

GOL irá vender passagens de suas parceiras para a Europa

A companhia aérea irá vender passagens para 26 cidades da Europa em parceria com a Air France e KLM


	Paris: a GOL irá vender passagens para 26 cidades da Europa em parceria com a Air France e KLM
 (Dominique Faget/AFP)

Paris: a GOL irá vender passagens para 26 cidades da Europa em parceria com a Air France e KLM (Dominique Faget/AFP)

Karin Salomão

Karin Salomão

Publicado em 25 de setembro de 2015 às 18h05.

São Paulo – A GOL ampliou sua parceria estratégica com a Air France e KLM e passou a vender passagens aéreas para 26 cidades na Europa.

A partir dos canais de vendas da empresa, como o site, lojas físicas e agentes de viagens, clientes podem voar para várias cidades da França, Holanda, Reino Unido e Turquia e, a partir deste mês, Lisboa, a capital de Portugal, pelas parceiras Air France e KLM.

O teste de vendas começou em abril deste ano e, seis meses depois, a companhia aérea expandiu as conexões entre os países.

As operações são feitas com conexão nos aeroportos de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Os clientes poderão realizar apenas um check-in e o recebimento de uma só vez dos cartões de embarque para todo o percurso, além de despachar a bagagem apenas uma vez.

Além disso, os clientes das três empresas podem acumular milhas nos programas Smiles ou Flying Blue.

“Fortalecer nossas alianças e proporcionar a melhor experiência de voo aos nossos clientes são focos estratégicos da companhia”, comentou Ciro Camargo, gerente de Alianças da GOL, em nota.

Acompanhe tudo sobre:AeroportosAir France-KLMAviaçãocompanhias-aereasEmpresasEmpresas brasileirasEmpresas francesasGol Linhas AéreasServiçosSetor de transporteTransportes

Mais de Negócios

“É função dos empresários iniciar um novo RS”, diz CEO da maior produtora de biodiesel do país

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Baré, Fruki, Coroa, Jesus: conheça os refrigerantes de guaraná que bombam pelos estados do Brasil

De gravadora a companhia aérea: conheça Richard Branson, o bilionário que inspira os donos da Cimed

Mais na Exame