Negócios

Gerdau produz 11% menos aço no ano, até março

A produção consolidada de aço bruto da Gerdau somou 4,410 milhões de toneladas no primeiro trimestre de 2013


	No Brasil a produção de aço bruto foi de 1,708 milhão de toneladas entre janeiro e março, com queda de 2% sobre igual intervalo do ano passado
 (Gerdau)

No Brasil a produção de aço bruto foi de 1,708 milhão de toneladas entre janeiro e março, com queda de 2% sobre igual intervalo do ano passado (Gerdau)

DR

Da Redação

Publicado em 7 de maio de 2013 às 10h11.

São Paulo - A produção consolidada de aço bruto da Gerdau somou 4,410 milhões de toneladas no primeiro trimestre de 2013, o que representa uma queda de 11% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo informações do balanço financeiro da companhia.

De acordo com a empresa, a redução da produção é reflexo da adequação aos níveis de demanda em cada região onde a Gerdau tem operações. "Na América do Norte, especificamente, a produção foi ajustada aos níveis de estoques existentes e a menor demanda devido ao inverno mais rigoroso no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado", informa a companhia.

No Brasil a produção de aço bruto foi de 1,708 milhão de toneladas entre janeiro e março, com queda de 2% sobre igual intervalo do ano passado. Na América do Norte o recuo foi de 22%, para 1,474 milhão de toneladas.

Na América Latina (operações na região, exceto as operações do Brasil e a operação de carvão metalúrgico e de coque na Colômbia) a produção de aço bruto somou 426 mil toneladas, queda de 9%.

Já a produção de aços especiais, que inclui as operações no Brasil, na Espanha, nos EUA e na Índia, totalizou 802 mil toneladas, com redução de 2% sobre igual trimestre de 2012.

Acompanhe tudo sobre:acoEmpresasEmpresas brasileirasGerdauMetaisSiderurgiaSiderurgia e metalurgiaSiderúrgicas

Mais de Negócios

Como o chef João Diamante está ajudando a mudar o mundo por meio da alimentação

Carrefour inaugura primeiro Atacadão na França

RS precisa de lei de incentivo à reconstrução similar à da cultura, diz empresário gaúcho

Com locação de equipamentos de TI, empresa tem crescimento orgânico de 54% em 2023

Mais na Exame