Fiat suspende produção em Betim e vai dar férias para 1,9 mil funcionários

Medida é para adaptar o ritmo de produção até normalizar o fluxo de suprimentos que estão em falta

A Fiat confirmou nesta quarta-feira, 14, que vai suspender parte da produção na fábrica de Betim (MG) em razão da irregularidade no abastecimento de peças. A montadora vai conceder dez dias de férias a 1,9 mil trabalhadores a partir de segunda-feira, 19.

O retorno está previsto para o dia 29. Será suspenso, assim, nesse período o segundo turno da produção de carros do complexo industrial.

O total de trabalhadores que entrarão em férias é maior do que o número, de 800 a mil funcionários, indicado na semana passada ao sindicato da região.

A Fiat, montadora do grupo Stellantis, informa em nota que a medida se deve à necessidade de adaptar o ritmo de produção às condições atuais de volume e regularidade de fornecimento de componentes. "A empresa continua em contato e em negociação com seus fornecedores para normalizar os fluxos de suprimentos", comunicou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.