Negócios

Ele nunca tinha empreendido quando transformou um sofá sujo em negócio. Hoje, fatura R$ 21 milhões

Em 2016, Rodrigo Ressurreição fundou a Total Clean no Espírito Santo. Hoje, a microfranquia de limpeza conta com mais de 150 unidades

Total Clean: microfranquia produz todos os produtos utilizados no serviço (Warley Ferreira Lenz Films/Divulgação)

Total Clean: microfranquia produz todos os produtos utilizados no serviço (Warley Ferreira Lenz Films/Divulgação)

Isabela Rovaroto
Isabela Rovaroto

Repórter de Negócios

Publicado em 6 de outubro de 2023 às 06h00.

Última atualização em 9 de outubro de 2023 às 10h12.

Num país como o Brasil, cuja economia foi assolada por sucessivos choques nos últimos dez anos, a figura do empreendedor nunca foi tão importante. As pequenas e médias empresas respondem hoje por cerca de 30% do PIB brasileiro e são responsáveis por 70% das contratações formais no primeiro semestre, de acordo com os dados do Caged.

Empreender muitas vezes envolve necessidade. Esse foi o caso do capixaba Rodrigo Ressurreição, que trabalhava como supervisor de vendas quando sua irmã e o cunhado ficaram desempregados em 2016.

Para ajudar a família, ele investiu cerca de 20.000 reais no seu próprio negócio. A princípio, a ideia era deixar a gestão do negócio com a irmã, enquanto ele continuava no emprego CLT.

"Eu não sabia em qual área empreender. A ideia de criar um negócio de limpeza de estofados veio depois que eu vi o sofá sujo da minha casa", diz o empreendedor.

Em setes anos, o empreendimento familiar que começou com atendimento porta a porta entrou para o mundo das franquias e já conta com mais de 150 unidades.

Neste ano, a Total Clean passou a produzir todos os produtos utilizados no serviço de limpeza e espera crescer mais de 40%, chegando a 31 milhões de reais de faturamento.

Como o negócio se tornou franquia

Depois de oferecer o serviço de limpeza de estofados em condomínios residenciais, a Total Clean foi atraindo mais clientes com a divulgação por panfletos na Grande Vitória.

Com cerca de três atendimentos diários, o faturamento foi de 10 mil reais nos primeiros três meses. Em menos de um ano de operação, Rodrigo recebeu de volta o valor investido no próprio negócio. Nessa época, ele deixou o emprego CLT e passou a dedicar integralmente ao próprio negócio.

Em 2017, quando esteva em São Paulo para fazer um curso de limpeza de estofados para aprimorar o negócio, ele conheceu dois jovens investidores que estavam tentando criar um empreendimento no mesmo segmento. Ali, Rodrigo viu a oportunidade de licenciar a marca e ter uma nova fonte de renda.

"Ali surgiu o meu primeiro licenciamento da marca. Enviei o uniforme e os materiais necessários e a dupla começou a operar a minha marca em Curitiba", diz.

O licenciamento funcionou bem no Paraná e atraiu outros investidores. A Total Clean chegou a ter 80 licenciados antes de se tronar franquia.

O empreendedor percebeu que o modelo de negócio poderia ser replicado e ganhar ainda mais escala. Em 2022, ele decidiu formatar o modelo de negócio em franquias para ter um serviço mais padronizado. Hoje, a rede conta com 153 unidades, sendo 90 franquias e 63 licenciamentos.

Modelo de negócio

A Total Clean é uma microfranquia home based. Ou seja, seu investimento inicial é menor do que 135 mil reais e não precisa de uma unidade física para operar. Essa modalidade tem crescido no mercado de franquias.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), esse modelo de negócio está em crescimento constante no Brasil. O levantamento de junho revelou um aumento de 37% no total de redes associadas, passando de 450 para 604, um crescimento de 7% a mais em relação a 2021.

"Com o modelo home based, o franqueado pode oferecer serviços em diversas cidades sem a necessidade de uma unidade física e a presença dele no local", explica o empreendedor.

Na Total Clean, o valor de investimento inicial é de 29 mil reais, com faturamento médio mensal de 15 mil reais. O prazo de retorno varia entre 6 e 12 meses. Os royalties são fixos em 990 reais mensais.

A Total Clean Distribuidora é responsável pela entrega dos produtos utilizados pela rede em todo o Brasil. Produtos como shampoo, perfume, alvejante e impermeabilizante foram desenvolvidos com uma fábrica parceira de forma exclusiva para a marca.  

"Nós oferecemos treinamento, o uniforme, o kit de trabalho e os produtos produzidos por um parceiro de forma exclusiva para a marca. Com isso, o nosso franqueado fica responsável por captar clientes e administrar a agenda do técnico", diz o empreendedor.

Acompanhe tudo sobre:FranquiasEmpreendedorismoEspírito Santo

Mais de Negócios

Os engenheiros da saúde: como essa startup quer evitar perdas financeiras nos hospitais

IBM aposta em padrões abertos para incentivar o uso em escala da IA

Como a Renova Invest se mantém entre as melhores assessorias há 5 anos

Para além da Heineken na hora do aperto: o Rappi Turbo quer virar o seu próximo mercadinho de bairro

Mais na Exame