Acompanhe:
seloNegócios

Dona do Griletto compra Croasonho

Holding passa a administrar mais de 400 lojas em 24 estados e um faturamento de R$ 700 milhões previsto para 2017

Modo escuro

Continua após a publicidade
Croasonho: ela tem 72 em 17 estados e R$ 110 milhões de faturamento (Croasonho/Divulgação)

Croasonho: ela tem 72 em 17 estados e R$ 110 milhões de faturamento (Croasonho/Divulgação)

K
Karin Salomão

Publicado em 7 de junho de 2017 às, 16h27.

Última atualização em 7 de junho de 2017 às, 17h08.

São Paulo – A Halipar, holding de Alimentação e Participações, acabou de anunciar a aquisição parcial da Croasonho, tornando-se a maior acionista da marca.

A aquisição da rede de franquias de croissants recheados faz com que a holding se torne o terceiro maior grupo do Brasil de franquias no ramo de alimentação, em número de unidades. O grupo ainda é dono das marcas Griletto, Montana Grill, Jin Jin Wok e Jin Jin Sushi.

A Croasonho tem 72 em 17 estados e R$ 110 milhões de faturamento. Com 20 anos de existência, até hoje, todos os croissants são produzidos no Rio Grande do Sul e levados congelados para o resto do Brasil. Boa parte do processo ainda é manual.

Com a compra, a Halipar passa a administrar mais de 400 lojas em 24 estados, com um faturamento previsto de R$ 700 milhões em 2017. Até 2020, ela prevê chegar a mil unidades e faturamento de R$ 1,3 bilhão.

“Desde a criação da Halipar, trabalhamos com os olhos atentos ao mercado à procura de marcas consolidadas no segmento de alimentação e que sejam complementares às operações que já temos. A Croasonho atendia a esses requisitos, tanto em produto quanto em atuação geográfica, e houve o interesse de ambas as partes em unir forças”, disse Ricardo José Alves, CEO da Halipar, em nota.

A aquisição marca a entrada da holding no Rio Grande do Sul e fortalece sua posição da região: 60% das unidades da rede Croasonho estão no Sul do país.

“Vamos aproveitar a expertise da Croasonho para ampliar a participação da holding no Sul e o potencial da Halipar para levar a Croasonho para outras regiões do país, além de ganharmos escala de fornecimento e logística para atingirmos melhores resultados de nossa rede de franqueados”, afirmou Eduardo Silva, diretor-executivo da rede.

Últimas Notícias

Ver mais
"Novo chamado": com R$ 1 bi em receita, francesa compra negócio no Brasil para ser a TI das empresas
seloNegócios

"Novo chamado": com R$ 1 bi em receita, francesa compra negócio no Brasil para ser a TI das empresas

Há 16 horas

Jensen Huang, fundador da Nvidia, fica R$ 41,5 bilhões mais rico em menos de 24 horas
seloNegócios

Jensen Huang, fundador da Nvidia, fica R$ 41,5 bilhões mais rico em menos de 24 horas

Há 19 horas

Chega de teoria: veja, na prática, como criar um negócio do zero utilizando ferramentas de IA
seloNegócios

Chega de teoria: veja, na prática, como criar um negócio do zero utilizando ferramentas de IA

Há 22 horas

Goldman Sachs lidera aporte de US$ 55 mi em Simetrik, startup que tem Brasil como pilar de expansão
seloNegócios

Lego do acerto de contas, Simetrik capta US$ 55 mi para avançar no Brasil

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais