Dona da Outback traz restaurante premium ao Brasil em 2016

A marca Fleming’s Steakhouse & Wine Bar é a mais “premium” do portfólio da empresa, segundo Salim Maroun, presidente da Bloomin’ Brands Brasil
Fleming’s Steakhouse & Wine Bar, da Bloomin' Brands (Divulgação)
Fleming’s Steakhouse & Wine Bar, da Bloomin' Brands (Divulgação)
Por Karin SalomãoPublicado em 30/05/2015 09:00 | Última atualização em 30/05/2015 09:00Tempo de Leitura: 3 min de leitura

São Paulo - A Bloomin’ Brands, dona da rede Outback Steakhouse no Brasil, irá trazer uma nova rede de restaurantes para o país, baseada em carnes e vinhos. O anúncio da vinda da Fleming’s Steakhouse & Wine Bar foi feito meses depois da abertura da rede italiana Abraccio por aqui.

A marca é a mais “premium” do portfólio da empresa, segundo Salim Maroun, presidente da Bloomin’ Brands Brasil. “É uma experiência mais sofisticada, um restaurante para eventos e comemorações especiais”, disse o presidente em entrevista a EXAME.com.

Os destaques da casa serão as carnes, com “os melhores cortes que se pode achar no mercado” e a carta de vinhos, além do serviço, de acordo com ele.

Os funcionários serão treinados para conhecerem profundamente o cardápio e a carta de vinhos. “Eles saberão tudo sobre os cortes e até sobre os animais, como eles são criados e do que se alimentam”, disse Maroun.

Inicialmente, será aberto apenas um restaurante conceito, em São Paulo, em 2016. O investimento para a primeira unidade do Fleming’s Steakhouse & Wine Bar será em torno de 7,5 milhões de reais.

O valor é mais alto do que outros empreendimentos da companhia, porque o nível de sofisticação é maior. “Até as taças de vinho precisam ser de primeira linha”, disse o presidente.

Segundo ele, a empresa decidiu trazer mais essa rede para o Brasil para dar mais oportunidades a seus sócios – a Bloomin’ Brands não opera por franquias e todos os restaurantes são gerenciados por sócios. “Descobrimos que temos talentos muito bons, que gostariam fazer algo mais sofisticado”, afirmou Maroun.

Abraccio e Outback

A primeira unidade da rede italiana foi inaugurada em março deste ano. Com dois restaurantes, e mais um previsto para junho, em Campinas, a receptividade da marca “está sendo uma grande surpresa para nós, um verdadeiro abraço dos consumidores”, disse o presidente.

Por isso, a companhia planeja abrir mais 50 lojas nos próximos 5 anos. “É um número pé no chão, podemos alcançar isso. As grandes cidades brasileiras estão prontas para o casual dining”, modelo de restaurantes da Outback Steakhouse, Abraccio e Fleming’s Steakhouse & Wine Bar.

O plano é crescer 25% em número de unidades a cada ano. “Ano que vem, poderemos ter nossa grande vitória, passar a Coreia do Sul como mercado internacional com maior número de restaurantes”.

Em faturamento e número de clientes, as unidades brasileiras estão no topo do ranking da Outback. O restaurante no shopping Center Norte é o campeão mundial nos dois critérios.