Negócios

Detran-SP salva 126.957 motoristas que teriam habilitação cassada

Novas regras da CTB permitem até 40 pontos na CNH; veja como funciona a mudança

Novas regras: motoristas que exercem atividade remunerada têm limite de 40 pontos (Rodrigo Sanches/Exame)

Novas regras: motoristas que exercem atividade remunerada têm limite de 40 pontos (Rodrigo Sanches/Exame)

GA

Gabriel Aguiar

Publicado em 29 de setembro de 2021 às 17h18.

Última atualização em 29 de setembro de 2021 às 18h31.

Você sabia que os motoristas têm direito a 40 pontos na habilitação? Essa é a nova regra do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para quem não tiver nenhuma infração gravíssima. E há até uma boa notícia a quem estava no sufoco: o Detran-SP anulou 126.957 processos para a cassação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pelas regras anteriores (que estabeleciam o limite de 20 pontos).

Todo o processo será realizado automaticamente pelo sistema da instituição e sequer é necessário ir ao Poupatempo para oficializar o pedido de revisão — portanto, vale ficar atento a tentativas de golpes que prometem auxiliar nessa questão. Todos os condutores sob análise serão notificados pelo Detran-SP via Correios e, quem ainda não recebeu a carta, poderá consultar o andamento no site.

Com as mudanças estabelecidas pelo governo Bolsonaro, o limite de pontuação será dobrado nos casos de condutores que exerçam atividade remunerada (como motoristas de aplicativo, por exemplo). E, nas demais situações, o limite baixa para 30 pontos caso haja uma infração gravíssima no período de até 12 meses; quem acumular duas ou mais infrações gravíssimas, terá limite de 20 pontos.

Acompanhe tudo sobre:Carteira de habilitação (CNH)LegislaçãoTrânsito

Mais de Negócios

Previsão é que produção de calçados esteja normalizada no RS até fim de junho

Novo CEO do iFood: o crescimento não virá de novos negócios, mas do aumento da frequência

Para além do marombeiro: rede de academias do Nordeste faz R$ 300 milhões "brigando contra o sofá"

Problemas complexos estão travando a sua empresa? Veja 5 dicas para gerenciá-los

Mais na Exame