Negócios

Dell se prepara para reabrir capital sem IPO

Empresa afirmou que pagará US$ 21,7 bilhões em recompra de ações ligadas a sua participação na empresa de software VMware

Dell Technologies: ação abre caminho da fabricante de volta para o mercado público sem uma oferta pública inicial (Lucas Agrela/Site Exame)

Dell Technologies: ação abre caminho da fabricante de volta para o mercado público sem uma oferta pública inicial (Lucas Agrela/Site Exame)

R

Reuters

Publicado em 2 de julho de 2018 às 19h31.

A Dell Technologies disse nesta segunda-feira (02) que pagará US$ 21,7 bilhões em recompra de ações ligadas a sua participação na empresa de software VMware, abrindo o caminho da fabricante de computadores de volta para o mercado público sem uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês).

A Dell informou que o negócio em dinheiro e ações valorizará seu patrimônio entre 61,1 bilhões e 70,1 bilhões de dólares, mais que o dobro dos 24,9 bilhões de dólares que o fundador e presidente-executivo, Michael Dell, e a empresa Silver Lake pagaram para tornar a empresa privada em 2013.

A transação permitirá que a Dell contorne o processo tradicional de IPO, o que provavelmente envolveria o questionamento dos investidores do mercado de ações em relação à sua dívida de US$ 52,7 bilhões.

Isso também significa que a Dell não terá que levantar nenhum capital novo, porque pagará pelo acordo com a emissão de novas ações e com um dividendo de US$ 9 bilhões que receberá da VMware.

Voltar ao mercado dá a Michael Dell e Silver Lake a opção de eventualmente vender suas participações, mesmo que tenham afirmado nesta segunda-feira que não tinham planos de fazê-lo. Após o acordo, Dell terá de 47 a 54% da empresa combinada, enquanto Lake terá entre 16 e 18%.

A VMware é especializada em virtualização, uma tecnologia que permite que vários sistemas e aplicativos sejam executados ao mesmo tempo no mesmo servidor, o que pode reduzir os custos de informática das empresas.

Acompanhe tudo sobre:DellIPOsRecompra de ações

Mais de Negócios

Anderson Silva fará última luta em solo brasileiro neste sábado; veja como acompanhar

Já reiniciou? Após mais de R$ 22 mi, startup do 'modem inteligente' começa a operar fora do país

Franquia ou um negócio próprio: qual compensa mais? Especialista tem a resposta

Como uma startup organizou uma vaquinha de R$ 76 milhões para o Rio Grande do Sul

Mais na Exame