Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:
seloNegócios

Danone gera renda para profissionais de educação física e aumenta vendas

Profissionais de educação física ganham 15% de comissão e outros benefícios ao vender produtos da YoPro para os alunos

Modo escuro

Continua após a publicidade
Danone: profissionais de educação física podem vender produtos da empresa (Oscar Wong/Getty Images)

Danone: profissionais de educação física podem vender produtos da empresa (Oscar Wong/Getty Images)

M
Marina Filippe

Publicado em 2 de fevereiro de 2021 às, 10h58.

Última atualização em 3 de fevereiro de 2021 às, 15h06.

A marca de bebida láctea uht YoPro, da fabricante de alimentos Danone, viu nos profissionais de educação física uma oportunidade de ficar mais próxima dos consumidores, inclusive transformando esses profissionais em vendedores dos produtos, oferecendo para eles uma renda extra em tempos de pandemia da covid-19 e fechamento das academias.

Tudo começou quando, em abril, a YoPro começou o programa Academia 24h, que recrutou 670 profissionais de educação física para disponibilizarem aulas on-line no perfil do YouTube da marca. "Eram pessoas que estavam paradas e passaram a gravar para a YoPro. Garantimos o pagamento dos profissionais inscritos e a oportunidade de promover uma aula online de qualidade em diferentes modalidades esportivas", diz Mariana Dutra, gerente de marcas da Danone.

O projeto evoluiu e em dezembro a marca ofereceu para esses profissionais a oportunidade de vender os produtos de forma simples. Para isso, basta passar por rápidos treinamentos online de mais ou menos 10 minutos, oferecer os produtos aos clientes, gerar um código e enviar o link do e-commerce. A logística é feita pela Danone e o vendedor ganha uma comissão de 15%, além de outros descontos e promoções que são renovadas mensalmente.

Uma das profissionais de educação física que aderiu aos programas foi a Mônica Bertollo, que nos primeiros meses de pandemia chegou a perder 70% do seu faturamento e terminou o ano com um faturamento maior do que havia começado.

"As aulas online me deram visibilidade e os alunos passaram a me chamar também para aulas em academias nos condomínios, quando reabertas. Além disso, a venda dos produtos e uma renda extra fácil de conseguir já que só preciso enviar os links para o cliente", afirma. Na promoção de YoPro de janeiro, quem vendesse 48 unidades de produtos ainda teria para si seis meses em itens da marca.

"Sabemos que o modelo de compra no período da pandemia mudou e as pessoas querem comprar de forma segura e cômoda. Assim, ninguém melhor do que os educadores físicos para conhecer a rotina dos alunos, e tornar a venda mais próxima e personalizada", diz Dutra.

De janeiro para dezembro as vendas de YoPro dentro do programa aumentaram 168% e o número de vendedores cresceu 62%. "Estamos no começo e aprimorando os serviços, mas já vimos que será positivo e que continuará mesmo com o retorno das academias", afirma Dutra.

Como participar

Inicialmente o foco são os profissionais de educação física da Grande São Paulo, que já podem se inscrever no site e iniciar suas vendas. O profissional, agora parceiro de YoPRO, terá um link de loja on-line exclusivo para compartilhar com os seus contatos, não precisando se preocupar com a logística ou operação de suas vendas, e recebe 15% de comissão, além de participar de um plano de incentivo premiando os que atingirem os objetivos de cada mês.

Dentro da loja são encontradas as bebidas lácteas UHT YoPRO de 15g e 25g de proteínas, nos sabores chocolate, banana, coco com batata doce e milkshake de baunilha, que são zero lactose, zero adição de açúcares*, baixo teor de gorduras e fonte de cálcio.

 

 

Últimas Notícias

Ver mais
Stanley inaugurou a sua primeira loja no Sul do país. Qual é o modelo para abrir unidades da marca?

seloNegócios

Stanley inaugurou a sua primeira loja no Sul do país. Qual é o modelo para abrir unidades da marca?

Há 2 dias

Varig, Vasp, TransBrasil: o que aconteceu com as companhias aéreas que dominavam os céus do Brasil

seloNegócios

Varig, Vasp, TransBrasil: o que aconteceu com essas cias aéreas brasileiras

Há 2 dias

De estagiário a CEO: as lições e os planos do novo líder da WEG, um gigante de R$ 140 bi

seloNegócios

De estagiário a CEO: as lições e os planos do novo líder da WEG, um gigante de R$ 140 bi

Há 2 dias

Cade aprova venda das empresas do Grupo CRM (dona da Kopenhagen) para a Nestlé Brasil

seloNegócios

Cade aprova venda das empresas do Grupo CRM (dona da Kopenhagen) para a Nestlé Brasil

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas
EXAME Agro

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais