Coteminas planeja abrir 40 lojas MMartan e Artex em 2013

No ano passado, companhia registrou prejuízo de R$ 144,1 milhões – montante é 64,7% menor na comparação com o ano anterior

São Paulo – Mesmo com prejuízo de 144,1 milhões de reais acumulado em 2012, a Coteminas, tradicional empresa do setor têxtil, que pertence à família de José Alencar, tem planos de abrir pelo menos 40 lojas neste ano das bandeiras MMartan e Artex.

Atualmente, a companhia possui 231 lojas em operação – a maioria delas da bandeira MMartan. Em 2012, a Coteminas abriu 38 pontos de venda. 

O prejuízo registrado no ano passado é 64,7% menor na comparação com as perdas acumuladas em 2011. A receita operacional líquida total da companhia totalizou 1,6 bilhão de reais, 19,5% maior que o faturamento registrado no ano anterior.

No mercado externo, a receita com vendas cresceu 42,4%, somando 42,4%, no interno, o crescimento foi de 8,2% na comparação com 2011. O faturamento do braço de varejo da Coteminas cresceu 23,9%, somando 225 milhões de reais em 2012. 

Segundo a companhia, para 2013, é esperado melhores margens operacionais, vindas, principalmente, com a venda de produtos com maior valor agregado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.