Acompanhe:
seloNegócios

Corte de custos e mudanças de estratégia derrubam reputação da Tesla

Dois anos após o lançamento oficial do Model 3, a fabricante ainda está lutando para alcançar seu objetivo de ser um produtor de carros de alto volume

Modo escuro

Continua após a publicidade
Tesla: montadora teve prejuízo de 700 milhões de dólares no primeiro trimestre e viu uma queda nas vendas de veículos (Mike Blake/Reuters)

Tesla: montadora teve prejuízo de 700 milhões de dólares no primeiro trimestre e viu uma queda nas vendas de veículos (Mike Blake/Reuters)

A
Alexandria Sage, da Reuters

Publicado em 10 de junho de 2019 às, 14h50.

São Francisco — As classificações da Tesla em dois sites importantes de avaliações caíram, indicando que demissões, mudanças de estratégia e rotatividade de executivos estão afetando o trabalho na empresa de carros elétricos.

A Tesla ficou em 16º lugar na lista anual "Melhores empresas de 2019" do LinkedIn, publicada em abril, compilada a partir de bilhões de ações tomadas por seus mais de 600 milhões de usuários que indicam interesse e demanda de trabalho. Ela tinha ocupado o quinto e sexto lugares em 2018 e 2017, respectivamente.

No site de empregos Glassdoor, a classificação geral da Tesla caiu de 3,6 estrelas, em 2017 para 3,2, com base em avaliações escritas no primeiro trimestre, de acordo com dados históricos compilados pela Glassdoor a pedido da Reuters. A classificação média dos quase 1 milhão de empregadores revisados no site é 3,4.

No primeiro trimestre, o índice de aprovação do presidente executivo, Elon Musk caiu de 90% em 2017 para 52%.

A classificação de "recomendar a um amigo" da Tesla caiu para 49% no primeiro trimestre, de 71% dois anos antes, mostraram os dados da Glassdoor.

As análises são anônimas, e a Glassdoor diz que não verifica identidades ou status de emprego.

Enquanto Musk se prepara para a reunião anual de acionistas da Tesla, na terça-feira (11), a montadora está passando por um período difícil. Dois anos após o lançamento oficial de seu sedã Model 3, destinado a catapultar a empresa para o status de produtor de carros de alto volume, a fabricante ainda está lutando para alcançar seus objetivos.

A Tesla teve prejuízo de 700 milhões de dólares no primeiro trimestre e viu uma queda nas vendas de veículos, levantando receios sobre a demanda do consumidor e logística de transporte.

Últimas Notícias

Ver mais
Como parceria entre SpaceX e Bahamas pode impulsionar e transformar o turismo espacial mundial
Um conteúdo Bússola

Como parceria entre SpaceX e Bahamas pode impulsionar e transformar o turismo espacial mundial

Há 8 horas

Padaria cobra Tesla nas redes sociais e Musk paga dívida de R$ 30 mil
Pop

Padaria cobra Tesla nas redes sociais e Musk paga dívida de R$ 30 mil

Há 18 horas

Apple desiste de fabricar carros elétricos após 10 anos de pesquisa
Tecnologia

Apple desiste de fabricar carros elétricos após 10 anos de pesquisa

Há 19 horas

Argentina autoriza entrada da Starlink, a internet via satélite de Elon Musk
Tecnologia

Argentina autoriza entrada da Starlink, a internet via satélite de Elon Musk

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais