Acompanhe:
Apresentado por SUPERLÓGICA
seloNegócios

Conheça o G10, conselho que reúne as maiores administradoras de condomínio de São Paulo

Superlógica, maior plataforma de soluções tecnológicas para o segmento, investe na criação de grupos de clientes para debater e fortalecer o setor

Modo escuro

Continua após a publicidade
Participantes do G10: entre os debates está a criação de indicadores do mercado de administração condominial para ajudar gestores a tomarem decisões mais assertivas (SUPERLÓGICA/Divulgação)

Participantes do G10: entre os debates está a criação de indicadores do mercado de administração condominial para ajudar gestores a tomarem decisões mais assertivas (SUPERLÓGICA/Divulgação)

Superlógica, plataforma de soluções tecnológicas e de serviços financeiros para administradoras de condomínio, acompanha de perto os desafios que essas empresas enfrentam. Por isso, para fortalecer esse mercado, resolveu colocar seus clientes na mesma mesa para debater soluções e criar estratégias em conjunto.

Assim nasceu o G10, um conselho consultivo que, em uma iniciativa inédita, reúne os dez maiores clientes da plataforma, definidos pelo número de unidades sob administração em São Paulo, além do alto nível de engajamento.

“O G10 será primordial para nos ajudar a definir prioridades e estratégias para avançarmos juntos no mercado, oferecendo melhores produtos e serviços para casa, condomínio e vizinhança”, afirma Carlos Cêra, CEO e sócio-fundador da Superlógica. “Nossa relação com as administradoras de condomínio precisa ser simbiótica: um fortalecendo o outro. Por isso, convidamos para discutir quem é mais importante para nós: nossos clientes".

Em agosto, o escritório da Superlógica, em Barueri (região metropolitana de São Paulo), recebeu o primeiro encontro do grupo. Estiveram presentes executivos da Auxiliadora Predial, BBZ Administradora de Condomínios, DGT Administradora de Condomínios, GK Condomínios, Grupo Graiche, Grupo Habita, Manager Gestão Condominial, OMA Condomínio, Robotton Condomínios e Verti Administradora, além da Superlógica. Os membros do grupo serão atualizados anualmente.

Petr Kolar, sócio-administrador da BBZ Administradora de Condomínios, destaca a importância dessa cooperação. Ele acredita ser essencial ter essa conexão entre o cliente e o fornecedor, em parceria, trabalhando para facilitar a vida de condôminos, síndicos, equipes internas e fornecedores.

Neste primeiro encontro, a Superlógica ainda apresentou soluções complementares à digitalização e à automação das operações do setor durante o encontro como o PayBox, que usa inteligência artificial; o Atende, que facilita a interação via WhatsApp; e o Gruvi, um aplicativo que concentra numa mesma plataforma diversos serviços para portarias, como controle de acesso e gestão de encomendas, criado em parceria com Cyrela e Intelbras. 

Ações iniciais

Durante a reunião do G10, a Superlógica apresentou as três principais frentes para beneficiar o mercado como um todo. A primeira é a realização de treinamentos, como certificação, que aumentarão o conhecimento dos envolvidos na rotina de administração condominial e ajudarão na compreensão da gestão com melhoria contínua dos condomínios clientes. O segundo tema é a criação de indicadores gerais para o segmento. Por fim, consultorias que vão colaborar com o desenvolvimento das empresas do setor.

Os indicadores, que possuem muita relevância para todos os gestores, poderão ser usados para criar referências ao segmento. A intenção é fornecer mais clareza sobre o que traz resultados e o que é necessário aprimorar. As métricas ajudarão na tomada de melhores decisões e ainda impulsionarão os negócios. “O que não se mede, não se gerencia. É preciso ter parâmetros”, aponta Petr Kolar, da BBZ.

O sócio-diretor da Robotton Condomínios, José Fernando Robotton, concorda que os parâmetros de faturamento e saúde dos negócios são importantes para fazer com que o mercado avance, seguindo os melhores modelos e diretrizes. “Esse setor é o único que mede a empresa pela quantidade de condomínios e não pela lucratividade”, aponta. “E a possibilidade de ter informação e saber o tamanho dos nossos negócios por meio de um parceiro não tem preço”.

Já para José Roberto Graiche Júnior, vice-presidente do Grupo Graiche e presidente da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (Aabic), o encontro permitiu trocar experiências e discutir problemas de mercado e necessidades das administradoras. “Podemos trocar informação com os concorrentes e construir sistemas ou soluções que ajudem a dinamizar e a melhorar nossa atividade e nossos serviços”.

Para o G10, é importante que as administradoras tenham diferenciais e consigam oferecer soluções que agradem condôminos e síndicos e que, consequentemente, tragam rentabilidade para seus negócios. “A iniciativa do G10 é muito importante para o segmento como um todo e para o nosso cliente final, que é o condômino feliz e satisfeito com os nossos serviços”, aponta Arthur Chizzolini, da DGT Administração de Condomínios.

Participantes do G10: entre os debates está a criação de indicadores do mercado de administração condominial para ajudar gestores a tomarem decisões mais assertivas (SUPERLÓGICA/Divulgação)

Indicadores gerais do segmento apresentados no Superlógica Next 2023

O estudo inédito dos indicadores do setor está sendo realizado em parceria com a consultoria Falconi e será apresentado no Superlógica Next, dia 28 de novembro, em Campinas, São Paulo. Esse material revelará um modelo de indicadores para o mercado de administração condominial, apoiando os gestores do setor em suas decisões.

A análise busca responder a questões como a receita ideal por unidade, indicadores de sucesso e práticas de eficiência para a gestão condominial, entre outros detalhes.

O Superlógica Next é o maior evento de estratégia de negócios para administradoras de condomínio e síndicos profissionais do país. O evento, que terá entre os palestrantes o publicitário Nizan Guanaes, reunirá mais de 2 mil pessoas durante 12 horas de conteúdo, mentorias e grupos de negócios para discutir temas necessários para os condomínios. Entre as trilhas que serão abordadas estão marketing atuante, sucesso do cliente, inteligência artificial e automação, novos conceitos de morar etc.

Próximos passos do G10

O segundo encontro do G10 será realizado em novembro deste ano, incluindo nomes relevantes do mercado como convidados, a exemplo de Cláudio Ely, ex-CEO da RaiaDrogasil e presidente do conselho da Petz. Serão compartilhadas experiências de outros setores, tão complexos quanto o de administração condominial. O encontro acontecerá um dia após o Superlógica Next, em Campinas.

A ideia é reunir o G10 a cada seis meses. A Superlógica se comprometeu a aumentar a representatividade do conselho, expandindo a participação para todas as regiões do país, que possuem necessidades e dinâmicas específicas.

Para o CEO da Superlógica, apoiar a transformação do setor é bom para todo mundo, pois traz benefícios e prepara as empresas, premiando a eficiência. Para ampliar os resultados e permitir que todos do setor possam se beneficiar das discussões, um relatório da reunião foi compartilhado para outras administradoras parceiras.

Outros grupos

Além do G10, a Superlógica está desenvolvendo outros conselhos de clientes com características em comum. O objetivo principal é fomentar o desenvolvimento dos mais diversos perfis de administradoras de condomínio. São três as novas iniciativas, que terão seus primeiros encontros em novembro: P10, S10 e I15.

O P10 é formado por parceiros que mais contribuíram para o desenvolvimento de produtos, destacando seu papel na melhoria contínua das soluções oferecidas pela Superlógica, sugerindo melhorias que têm potencial para beneficiar todo o setor.

Esse grupo inclui também as empresas que recebem em primeira mão as novas ferramentas desenvolvidas pela Superlógica. Para fazer parte desse grupo, as administradoras devem apresentar sugestões bem estruturadas, com foco na resolução de problemas.

Fazem parte do P10 as seguintes empresas: Euro Administradora de Condomínios, Gobatti Condomínios, M.Benedetti Assessoria Condominial, Quality House, RB Odemir Administração de Condomínios, Ruman Solutions Consultoria e Administração de Condomínio, Semog Administradora de Condomínios, SINQ Administradora de Condomínios, Use Administradora de Condomínios e Vila21 Condomínios.

Já o S10 reúne administradoras com até dez anos de existência no mercado e que mais cresceram, destacando seu papel como referência em estrutura e desenvolvimento consistente. Ele agrupa as administradoras AF - Administração de Condomínios, Atitude Premier Condomínios, Condominus Administradora, Cysne Administradora de Bens e Condomínios, Digital Condominial, Exata1 Administração de Condomínios e Intermediação de Negócios, Jetro Administradora de Condomínios, Kare Negócios Imobiliários, Maxiima Administração de Condomínios, Puiatti Administradora de Condomínios, Reinventta Administradora.

O I15, por sua vez, é composto de parceiros que integraram a base de clientes da Superlógica após fusões. Essas administradoras recebem atenção especial para que sua integração seja eficiente.

As parceiras nesse grupo são: Administradora Quatro Marias, Assessoria Contábil Paulo Lúcio, Bervel Administradora de Imóveis e Condomínios, Cipa Gestão para Condomínios, Estasa Soluções Imobiliárias, Fiel Administradora de Bens, Hilmar Empreendimentos Imobiliários, Juá Gestão Imobiliária, Lumarj Condomínios e Imóveis, ML Administradora de Imóveis, Pacífica Administradora, Precisão Administradora de Condomínios, Protest Administração e Empreendimentos, Quality House Participações e Empreendimentos e Zirtaeb Administração de Condomínios e Bens Imóveis.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
E-commerce de móveis do interior de SC mira os R$ 250 milhões sem ter produtos no estoque
seloNegócios

E-commerce de móveis do interior de SC mira os R$ 250 milhões sem ter produtos no estoque

Há 6 horas

Corretoras de criptomoedas, como a Binance, definem altos padrões de segurança para a indústria
seloNegócios

Corretoras de criptomoedas, como a Binance, definem altos padrões de segurança para a indústria

Há 7 horas

Y Combinator da AL? Latitud reestrutura negócio e quer ser o maior investidor pré-seed da região
seloNegócios

Y Combinator da AL? Latitud reestrutura negócio e quer ser o maior investidor pré-seed da região

Há 8 horas

A fintech brasileira apoiada por Bezos que dobrou o lucro e movimenta R$ 155 bilhões
seloNegócios

A fintech brasileira apoiada por Bezos que dobrou o lucro e movimenta R$ 155 bilhões

Há 10 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais