Negócios
Apresentado por SUBWAY

Conheça as primeiras lojas próprias da Subway no Brasil

As duas unidades, que acabam de ser inauguradas no complexo Lago Azul, em Jundiaí, interior de São Paulo, consolidam o plano de expansão da marca, que até então operava apenas no modelo de franquias

Nova loja da SUBWAY no complexo Lago Azul, em Jundiaí (SP): lojas próprias são estratégia da marca para avaliar novos processos e melhorar a comunicação com os consumidores (Andre Porto/Divulgação)

Nova loja da SUBWAY no complexo Lago Azul, em Jundiaí (SP): lojas próprias são estratégia da marca para avaliar novos processos e melhorar a comunicação com os consumidores (Andre Porto/Divulgação)

EXAME Solutions
EXAME Solutions

EXAME Solutions

Publicado em 1 de março de 2023 às 09h00.

Última atualização em 6 de março de 2023 às 01h21.

Considerada a maior cadeia de sanduíches “submarinos” do mundo com seus lanches de 30 centímetros conhecidos internacionalmente como “footlong”, a SUBWAY inaugurou recentemente as duas primeiras lojas próprias no país.

Ambas estão localizadas na rodovia dos Bandeirantes na altura de Jundiaí, no interior de São Paulo. A primeira unidade, inaugurada em dezembro do ano passado, está no quilômetro 64 sentido capital; a segunda, aberta no início de janeiro, no quilômetro 58 sentido interior.

A novidade faz parte do plano de expansão da marca no Brasil, que começou a ser implementado no ano passado pela SouthRock, parceira licenciada exclusiva da SUBWAY — e de outras marcas de alimentos e bebidas como Eataly, Starbucks e TGI Fridays no Brasil.

Antes da inauguração das duas lojas próprias, a SUBWAY operava por aqui apenas no modelo de franquias, estando a maior parte delas localizadas na região Sudeste.

“As lojas próprias chegam para complementar a oferta de lojas franqueadas e elas possuem papel fundamental para a marca uma vez que, por meio delas, conseguiremos avaliar e, possivelmente, implementar nas demais lojas novos processos operacionais e de comunicação com os nossos consumidores”, explica William Giudici, diretor-presidente da marca SUBWAY para o Brasil. “Nosso objetivo é tornar a experiência dos nossos consumidores cada vez melhor e mais completa.”

A estratégia vem dando certo. No ano passado, a rede bateu recorde de faturamento com crescimento de duplo dígito, superando os resultados pré-pandemia. A meta, agora, é seguir com o plano de expansão e chegar a mais de 1.700 unidades, entre lojas próprias e franquias, até o final do ano de 2023.

Os lanches preferidos

Sobre o público brasileiro, o executivo destaca o perfil do consumidor como “alguém jovem, que está em busca de uma alimentação fora do lar com qualidade, ingredientes frescos, preço acessível, e que seja rápida — especialmente por causa da rotina agitada”.

Entre os lanches que mais fazem sucesso no Brasil, estão duas opções oferecidas com exclusividade por aqui: o de frango defumado com cream cheese, e o Steak Churrasco.

“Outra curiosidade bastante presente localmente é que no Brasil o consumidor coloca mais de um molho nos sanduíches. Inclusive, é comum termos pedidos com mais de três molhos ou até todos os molhos no mesmo sanduíche”, revela Giudici.

SUBWAY: cardápio especial com itens de café na Rodovia dos Bandeirantes, onde há um fluxo grande de viajantes (Andre Porto/Divulgação)

Lançadas as primeiras lojas próprias, diz ele, a rede tem agora como desafio seguir com o processo de transformação digital. Em breve, o público terá à disposição totens de autoatendimento nas lojas, e um aplicativo, que contará com venda via delivery e programa de fidelidade. Tudo para tornar a experiência dos fãs do “footlong” mais agradável e fluida.

(Arte/Exame)

Acompanhe tudo sobre:branded-content

Mais de Negócios

Universidade aposta em software com IA para aumentar a segurança no campus

Sebrae promove evento gratuito sobre sustentabilidade para pequenos negócios. Inscreva-se

Os CEOS mais bem pagos em 2023 nos EUA

O reparo antes de 'rampar': Mecanizou investe R$ 20 mi para mudar tudo e ir além da zona norte de SP

Mais na Exame