Acompanhe:
seloNegócios

Compra da Nest pelo Google é acolhedor para os financiadores

Acordo de US$ 3,2 bilhões está contribuindo para aumentar a confiança entre as empresas de capital de risco

Modo escuro

Continua após a publicidade
Termostatos Nest: Google deverá adquiriri a companhia por US$ 3,2 bilhões (Divulgação / Nest)

Termostatos Nest: Google deverá adquiriri a companhia por US$ 3,2 bilhões (Divulgação / Nest)

D
Da Redação

Publicado em 7 de janeiro de 2015 às, 13h42.

San Francisco - A Nest Labs não está somente ajudando os donos de propriedades a manterem um ambiente aconchegante. A aquisição da fabricante de termostatos digitais pelo Google por US$ 3,2 bilhões também está deixando as companhias de capital de risco muito confortáveis.

A Kleiner Perkins Caufield Byers, uma das primeiras financiadoras da companhia cofundada pelo ex-executivo da Apple Tony Fadell, investiu US$ 20 milhões na Nest desde 2010 e terá um retorno de cerca de US$ 400 milhões, disse uma fonte do setor.

A Shasta Ventures, outra das primeiras financiadoras da Nest, aumentará seu investimento inicial mais de 15 vezes, disse outra fonte, que solicitou o anonimato porque os ganhos não são públicos. O ramo de empreendimentos do Google também tinha investido na Nest.

O acordo está contribuindo para aumentar a confiança entre as empresas de capital de risco, que com frequência apostam em companhias antes que estas tenham receita ou até mesmo um produto e dependem de grandes acordos para compensar o dinheiro perdido na vasta maioria de startups que fracassam.

Os capitalistas de risco também colheram grandes ganhos em 2013. Pelo menos 10 empresas geraram mais de US$ 1 bilhão cada em retornos de aberturas de capitais e aquisições, segundo documentos e dados compilados pela Bloomberg.

ªÉ um retorno muito significativo para o fundo”, disse Rob Coneybeer, diretor de gestão da Shasta Ventures, que dirigiu o investimento na Nest. Ele não quis dar detalhes específicos.


Grandes ganhos

O ganho com o investimento na Nest é um dos maiores na história da Shasta Ventures. A companhia também lucrou com a aquisição da Mint pela Intuit em 2009 e com a compra da Zenprise pela Citrix System.

A Kleiner Perkins não disponibilizou nenhum dos seus sócios para fazer comentários. Scott Rubin, porta-voz do Google, não quis comentar.

A aquisição da Nest, por um valor de quase o dobro do pago pelo Google pelo YouTube em 2006, também fornece a maior recompensa para o próprio ramo de capital de risco do fornecedor de buscas. O Google Ventures, que investiu na Nest e opera como uma companhia independente dentro do Google, conservará os retornos, disse uma fonte do setor.

O Google Ventures encaminhou as questões para a Nest, que não quis comentar sobre os detalhes do financiamento.

Para a Kleiner Perkins, o acordo chega depois que a empresa de empreendimentos não conseguiu fazer parte dos investimentos iniciais em companhias de Internet como a Facebook e a Twitter.

Outro grande vencedor com a aquisição é Fadell, que não quis dizer de que proporção da companhia ele é dono.

“Eu queria me focar na diferenciação para os nossos clientes e concretizar a visão antes”, disse Fadell. “Eu não queria me focar no desenvolvimento de infraestrutura, que não é diferenciar-se, pois permite aos concorrentes chegarem e começarem a estar no nosso pé. Quero me focar naquilo que fazemos melhor”.

Últimas Notícias

Ver mais
CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar
Exame IN

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar

Há 8 horas

Usada por Nathalia Beauty e Cortella, plataforma americana para pequenos negócios abre no Brasil
seloNegócios

Usada por Nathalia Beauty e Cortella, plataforma americana para pequenos negócios abre no Brasil

Há 11 horas

Google abre inscrições para o Programa de Estágio afirmativo com foco em tecnologia e negócios
seloCarreira

Google abre inscrições para o Programa de Estágio afirmativo com foco em tecnologia e negócios

Há 21 horas

Além de óculos e relógios: Chilli Beans abre o leque e aposta em bebidas e caixas de som
Casual

Além de óculos e relógios: Chilli Beans abre o leque e aposta em bebidas e caixas de som

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais