Acompanhe:
seloNegócios

Como o Airbnb planeja conquistar os hotéis

O co-fundador e CEO do Airbnb, Brian Chesky, disse que “há dez anos nem imaginávamos no que o Airbnb se tornaria"

Modo escuro

Continua após a publicidade
Casa alugada no Airbnb, na categoria nova de Collections Homes: Work (Airbnb/Divulgação)

Casa alugada no Airbnb, na categoria nova de Collections Homes: Work (Airbnb/Divulgação)

K
Karin Salomão

Publicado em 25 de fevereiro de 2018 às, 08h00.

Última atualização em 25 de fevereiro de 2018 às, 08h00.

São Paulo - O Airbnb já é a maior rede de hospedagem do mundo, tanto em número de quartos quanto em valor de mercado. Hoje, a empresa oferece 4,5 milhões de lugares para hospedagem em 81 mil cidades - sem ser dona de nenhum deles.

Desde que surgiu, há 10 anos, mais de 300 milhões de hóspedes já usaram a plataforma, gerando mais de 41 bilhões de dólares aos anfitriões. O crescimento da companhia desafiou redes hoteleiras tradicionais.

Agora, o Airbnb oferece uma trégua ao setor: ele irá anunciar quartos em hotéis boutique em sua plataforma. O anúncio faz parte do plano da companhia de hospedar 1 bilhão de pessoas por ano nos próximos 10 anos. Com o lançamento do novo serviço, 24 mil quartos em hotéis boutique já podem ser reservados no site.

Os hotéis precisam seguir certos critérios para poderem expor seus serviços no site. O empreendimento deve, principalmente, remeter à cultura local, com alimentos, amenidades, mapas e passeios típicos da região.

Além da exposição na plataforma, o Airbnb também promete taxas mais baixas que agências de turismo, informações sobre os hóspedes e segurança de pagamento.

A empresa também anunciou outros três novos tipos de propriedades: casas de férias, casas únicas e pousadas, além das já existentes lugar inteiro, quarto inteiro e quarto compartilhado.

O co-fundador e CEO do Airbnb, Brian Chesky, disse que “há dez anos nem imaginávamos no que o Airbnb se tornaria. As pessoas achavam que estranhos hospedados na casa uns dos outros era uma ideia maluca”.

“Hoje, milhões de pessoas fazem exatamente isso a cada noite. Mas queremos ir além e apoiar e expandir nossa comunidade para que, nos próximos dez anos, mais de 1 bilhão de pessoas por ano possam ter os benefícios das viagens mágicas proporcionadas pelo Airbnb”, afirmou, em nota.

Últimas Notícias

Ver mais
Accor: rede francesa planeja inaugurar 12 hotéis no Brasil até o fim do ano
Casual

Accor: rede francesa planeja inaugurar 12 hotéis no Brasil até o fim do ano

Há uma semana

Deserto com lagoas: o luxo de se hospedar próximo ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
seloRevista Exame

Deserto com lagoas: o luxo de se hospedar próximo ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Há uma semana

As águas do Sul: conheça o Hotel das Cataratas, propriedade de luxo dentro do Parque Nacional
seloRevista Exame

As águas do Sul: conheça o Hotel das Cataratas, propriedade de luxo dentro do Parque Nacional

Há uma semana

Da natureza à cidade: os diferentes cenários da África do Sul
seloRevista Exame

Da natureza à cidade: os diferentes cenários da África do Sul

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais