Negócios
Acompanhe:

Com aposta em WhatsApp, RD Station anuncia recursos para PMEs

Empresa anunciou lançamentos e parceria oficial com a Meta durante o RD Summit, evento de inovação em Florianópolis

Eric Santos, CEO da RD Station: empresa anuncia novos recursos de mensagens durante RD Summit 2022 (HeusiAction/Green Fotografias/Reprodução)

Eric Santos, CEO da RD Station: empresa anuncia novos recursos de mensagens durante RD Summit 2022 (HeusiAction/Green Fotografias/Reprodução)

M
Maria Clara Dias

26 de outubro de 2022, 14h47

*De Florianópólis, Santa Catarina

A RD Station, empresa de automação de marketing, já cruzou as fronteiras do conversational commerce há um tempo. O termo descreve basicamente uma maneira de fazer negócios que passa pela comunicação e troca de mensagens no processo de interação entre consumidores e marcas.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

A aposta mais recente da companhia nessa frente tem nome e um valuation bem definido. Trata-se da Tallos, startup cearense adquirida pela RD em 2022 por R$ 6,7 milhões.

O objetivo ao trazer para perto uma empresa dedicada à gestão de conversas corporativas que acontecem por meio de mensagens era clara: acompanhar a tendência iminente no universo do marketing digital que favorece empresas com verticais robustas de atendimento, vendas e gestão da carteira de clientes com alguns simples toques de botões — ou robôs que automatizam a coisa toda, os chamados chatbots.

Agora, a empresa anuncia um novo passo em sua incursão no mundo das mensagens com o lançamento de novos recursos de WhatsApp para um portfólio que ultrapassa 45 mil clientes.

O que a RD Station está lançando?

A empresa lançou oficialmente nesta quarta-feira, 26, dois novos recursos de troca de mensagens e integração com marketing digital.

Uma integração com anúncios de Facebook e Instagram

Na prática, a ferramenta permitirá que clientes que clicam em algum anúncio nessas redes sociais sejam direcionados a uma conversa de WhatsApp com a empresa, que passa a ter um novo canal para envio de cupons, notificações, links e outras comunicações estratégicas.

RD Station Marketing

Adiciona o WhatsApp como um canal de comunicação dentro da plataforma de CRM (sigla para gestão de relacionamento com o cliente) da RD Station. O foco, nesse caso, é em empresas que utilizam WhatsApp Business para gerenciar suas comunicações.

Esse último recurso procura avaliar a eficiência do canal por meio de indicadores como entregas e aberturas. A intenção é também facilitar o dia a dia de empresas que lidam com um grande volume de mensagens, muitas vezes atendidas por inúmeros vendedores em suas contas pessoais.

Até o momento, a RD permitia às empresas clientes a inserção de um botão em seus sites que leva para conversas diretas no WhatsApp.

As novidades foram anunciadas durante o RD Summit, evento de inovação da RD Station que acontece em Florianópolis entre os dias 26 e 28 de outubro.

“Não somos mais nós, as empresas, que escolhemos o canal por onde vamos alcançar compradores. A escolha é dos clientes. Se não nos adaptarmos a isso, vamos ficar para trás”, disse Eric Santos, CEO da RD Station, durante palestra de abertura na conferência.

Parceria com a Meta

Durante o evento, a RD Station também anunciou uma parceria oficial com a Meta (ex-Facebook), empresa dona do WhatsApp, para levar as soluções para as pequenas e médias empresas do Brasil.

A intenção é guiar pequenos empreendimentos com atuações ainda incipientes no WhatsApp, ou, ainda, que utilizam a plataforma de maneira inadequada, sem qualquer profissionalização. “Junto com a Meta vamos ajudar as empresas a mostrar como usar corretamente o WhatsApp como ferramenta de comunicação com o cliente”, disse o CEO.

De outro lado, ao se tornar um parceiro oficial da Meta no Brasil, a RD também pretende aproximar a empresa dos pequenos negócios, um nicho de muito potencial — nos cálculos da Meta, pelo menos 5 milhões de PMES utilizam o WhatsApp Business no Brasil.

O que mais diz a RD Station

Santos também apresentou uma linha do tempo com os principais recortes e focos dados às últimas edições do evento, desde uma longínqua época em que o RD Summit acontecia em pequena sala para 200 pessoas.

Com o passar dos anos, a empresa estendeu explicações sobre conceitos mais básicos de marketing (e marketing digital) para lições mais densas sobre como empresas poderiam de fato estruturar uma máquina de crescimento que ao utilizar o marketing e vendas como um facilitador para extrapolar a aquisição de clientes e passar também a considerar a jornada de compra em todas as etapas.

* A jornalista viajou a Florianópolis a convite da RD Station