Negócios

Citi reverte prejuízo e lucra US$4,4 bi no 1o tri

Terceiro maior banco dos Estados Unidos, o Citigroup mostra recuperação, mas ainda é visto como o mais fraco entre os grandes bancos norte-americanos

Prédio do Citigroup em Manhattan, Nova York: as ações do grupo acumulam alta de 38% no ano (.)

Prédio do Citigroup em Manhattan, Nova York: as ações do grupo acumulam alta de 38% no ano (.)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h39.

Nova York - O Citigroup apresentou um lucro de 4,43 bilhões de dólares no primeiro trimestre, separando menos dinheiro para cobrir as perdas com crédito.

O terceiro maior banco dos Estados Unidos registrou lucro líquido de 0,15 dólar por ação, ante um prejuízo de 966 milhões de dólares, ou 0,18 dólar por ação, um ano antes.

O Citigroup, há muito visto como o mais fraco entre os grandes bancos norte-americanos, parece estar se recuperando. Em março o presidente-executivo Vikram Pandit afirmou que o banco caminha para voltar ao lucro sustentável, e que as perdas com ativos ruins pode ser administrável se a economia não pesar.

Até o fechamento de sexta-feira, as ações do Citi acumulavam alta de 38 por cento no ano, superando o índice de bancos KBW Banks. Com a perspectiva de crédito melhorando, as ações de bancos, vistas como as mais arriscadas, sobressaíram-se no mercado por conta de maiores ganhos dos credores à medida em que a economia se estabiliza.

Acompanhe tudo sobre:BancosCitibankCitigroupEmpresasEmpresas americanasFinançasLucro

Mais de Negócios

11 franquias baratas para trabalhar sem funcionários a partir de R$ 2.850

Inteligência Artificial no Brasil: inovação, potencial e aplicações reais das novas tecnologias

Mundo sem cookies: as big techs estão se adequando a uma publicidade online com mais privacidade

Ligadona em você: veja o que aconteceu com a Arapuã, tradicional loja dos anos 1990

Mais na Exame