Negócios

Bill Gates volta a ser o mais rico do mundo

Bill Gates volta a ser o homem mais rico dos Estados Unidos pelo 20° ano consecutivo e recupera o posto de maior fortuna do mundo

Bill Gates: com uma fortuna calculada em US$ 72 bilhões, Gates passou o mexicano Carlos Slim (Scott Eells/Bloomberg)

Bill Gates: com uma fortuna calculada em US$ 72 bilhões, Gates passou o mexicano Carlos Slim (Scott Eells/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de setembro de 2013 às 10h33.

Washington - Bill Gates volta a ser o homem mais rico dos Estados Unidos pelo 20° ano consecutivo e recupera o posto de maior fortuna do mundo, segundo a lista de mil milionários publicada nesta segunda-feira pela revista Forbes.

Com uma fortuna calculada em US$ 72 bilhões, Gates passou o mexicano Carlos Slim, que no ano passado foi considerado pela revista como o mais rico do planeta.

O especulador financeiro Waren Buffett fica no segundo lugar dos mais ricos dos EUA, após acrescentar US$ 12,5 bilhões em sua fortuna e elevá-la para US$ 58,5 bilhões.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, aparece no 10° lugar da lista, com US$ 31 bilhões.

Mark Zuckerberg somou US$ 9,6 bilhões a seu patrimônio com a alta da cotação das ações de Facebook e agora conta com US$ 19 bilhões, o que volta a situá-lo entre as pessoas mais ricas de EUA, entre as quais não esteve no ano passado.

"Cinco anos depois da crise financeira que tombou as fortunas de muitos nos Estados Unidos e no mundo, os mais ricos, como grupo, recuperaram tudo que perderam", assinala a revista Forbes em seu artigo.

"As 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos têm um valor (econômico) conjunto sem precedentes de US$ 2,02 trilhões, equivalente mais ou menos ao Produto Interno Bruto da Rússia", acrescenta a publicação.

Acompanhe tudo sobre:Bill GatesCarlos SlimClaroEmpresáriosEmpresasEstados Unidos (EUA)Listas da ForbesMicrosoftPaíses ricosPersonalidadesTelmex

Mais de Negócios

A Simple Organic quer crescer nas farmácias com preços competitivos — e conta com a Hypera para isso

Esta fintech de Sergipe captou R$ 422 milhões em 45 dias e já movimenta mais de R$ 1 bi pelo Brasil

Volume de negociação com bitcoin atinge maior patamar em dois anos. Veja quem lidera

Esse carioca criou um banco no WhatsApp — que acabou de nascer, mas já movimentou R$ 13 milhões

Mais na Exame