Negócios

Bill Gates rende-se aos produtos da Apple

"Não há ciúmes. É fabuloso ver estes avanços na tecnologia. Eles foram muito bem", disse Gates sobre a Apple

Bill Gates elogia produtos da Apple, de Steve Jobs (.)

Bill Gates elogia produtos da Apple, de Steve Jobs (.)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h38.

Washington - Bill Gates, o fundador do gigante da informática Microsoft, fez muitos elogios aos últimos lançamentos de sucesso da Apple, sua principal concorrente.

Nos últimos dois anos, a Apple assumiu a liderança da indústria tecnológica com o sucesso de produtos como iPhone, iPod e, mais recentemente, o iPad.

"Não há ciúmes. É fabuloso ver estes avanços na tecnologia. Eles foram muito bem", disse Gates em entrevista para o programa "Larry King Live", da rede de televisão "CNN", onde foi entrevistado em companhia de seu pai.

"Há espaço para que ambas avancem", disse, em alusão à Microsoft, que sob sua batuta foi, durante décadas, o líder da tecnologia informática no mundo.

Um dos homens mais ricos do mundo, Gates disse que tanto a Apple quanto a Microsoft sempre tiveram "a mesma visão: criar produtos de baixo custo que fossem fáceis de usar".

"Além disso, sempre tiramos proveito da concorrência", acrescentou Gates, que há dez anos entregou o controle da empresa a Steve Ballmer.

Segundo especialistas, nos mesmos dez anos a Apple tomou a ponta na indústria tecnológica, e seu valor chega a US$ 221 bilhões.

Atualmente, o valor da Microsoft é calculado em uns aproximadamente US$ 219 bilhões de dólares, metade do que valia há dez anos, segundo os mesmos especialistas.

Acompanhe tudo sobre:AppleBill GatesEmpresáriosEmpresasEmpresas americanasempresas-de-tecnologiaMicrosoftPersonalidadesSteve JobsTecnologia da informação

Mais de Negócios

Méliuz vira sócia de startup mineira para deixar o cliente cada vez mais fiél

Precavida Brasil quer expandir atuação no mercado nacional de precatórios

EXCLUSIVO: Suzano investe US$ 5 milhões em startup canadense que desenvolve hidrogel com eucalipto

Marqueteiro por trás dos copos Stanley retorna à Crocs

Mais na Exame