• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Após prejuízo de US$ 4,6 bi, AT&T vende Sky Brasil para grupo argentino

Conglomerado argentino Werthein comprou a totalidade do grupo Vrio, que é subsidiária da AT&T e controla as empresas SKY e DirectTV no Brasil
 (Reprodução/Sky)
(Reprodução/Sky)
Por Da RedaçãoPublicado em 05/08/2021 17:44 | Última atualização em 05/08/2021 17:44Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O conglomerado argentino Werthein comprou a totalidade do grupo Vrio, subsidiária da AT&T, que controla as empresas SKY e DirectTV e conta com mais de 10 milhões de clientes na América Latina. Apesar do valor da venda não ter sido divulgado, a Vrio tem um prejuízo de US$ 4,6 bilhões que deverá ser assumido pelo grupo comprador, segundo informações do Tecnoblog.

Segundo o Business Bureau, a América Latina possui hoje 66 milhões de assinantes de TV paga, sendo que 18% correspondem ao grupo Televisa, 18% pertencem a América Movil (NET/Claro), outros 15% pertencem a DirecTV, 6% são da Telefônica e os últimos 5% são do grupo Clarináramos. Com o investimento, a AT&T, maior operadora de telecomunicações dos Estados Unidos, planeja ir além dos conteúdos televisivos, fortalecendo também os conteúdos de streaming da DirectTV. 

Para o especialista Mário Finamore, a estratégia de conversão é positiva. “Isso desmobilizará a conversão de toda a oferta de streaming em um só lugar, facilitando o acesso, já que hoje, fica cada vez mais difícil encontrar conteúdos para assistir, já que a maior parte está dividida em incontáveis aplicativos, dificultando a navegação e a escolha do conteúdo.” – destaca o fundador da TV News, que possui hoje 85 retransmissoras com sinal em 12 capitais e presença em 14 estados do Brasil.