Negócios

Airbus desenvolve motor de emissão zero movido a hidrogênio

Novo sistema de propulsão da empresa está sendo considerado como uma das possíveis soluções para equipar as aeronaves de emissão carbono-zero que entrarão em serviço em 2035

ZEROe: modelo será usado como aeronave de demonstração da Airbus para testar a estrutura do novo motor (Airbus/Reprodução)

ZEROe: modelo será usado como aeronave de demonstração da Airbus para testar a estrutura do novo motor (Airbus/Reprodução)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 30 de novembro de 2022 às 19h15.

A Airbus informou nesta quarta-feira, 30, que está desenvolvendo um motor de célula de combustível movido a hidrogênio. O sistema de propulsão está sendo considerado como uma das possíveis soluções para equipar suas aeronaves de emissão carbono-zero que entrarão em serviço em 2035.

Em comunicado, a fabricante afirma que começará a testar em solo e voo a estrutura do motor de célula de combustível a bordo de sua aeronave de demonstração ZEROe em meados da década.

"Células de combustível são uma solução em potencial para nos ajudar a alcançar nossa ambição de emissão carbono zero e estamos focados em desenvolver e testar essa tecnologia para entender se é possível e viável para a entrada em serviço em 2035", disse em comunicado o vice-Presidente de Aeronaves de Emissão Carbono-Zero da Airbus, Glenn Llewellyn.

Em outubro de 2020, a Airbus criou a Aerostack, uma joint venture com a ElringKlinger, uma empresa com mais de 20 anos de experiência como fornecedora de componentes e sistemas de células de combustível. Em dezembro do mesmo ano, a Airbus apresentou seu conceito de cápsula, que incluía seis sistemas removíveis de propulsão por hélice com célula de combustível.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia

Acompanhe tudo sobre:AirbusAviaçãoAviõesCarbonoEmissões de CO2NetZero

Mais de Negócios

Ele cansou de trabalhar em telecom. Agora, faz mais de R$ 1 mi com franquia de serviços automotivos

“É função dos empresários iniciar um novo RS”, diz CEO da maior produtora de biodiesel do país

Na Prosegur, os candidatos são avaliados pela simpática Rose, a chatbot do grupo

Baré, Fruki, Coroa, Jesus: conheça os refrigerantes de guaraná que bombam pelos estados do Brasil

Mais na Exame