Negócios

Advent e Alothon vendem Atmosfera para grupo Elis

Informação foi antecipada pela coluna Primeiro Lugar, da revista EXAME, no mês passado


	Em novembro, a coluna Primeiro Lugar, da revista EXAME, antecipou que a rede de lavanderias estava à venda 
 (Stock.xchng)

Em novembro, a coluna Primeiro Lugar, da revista EXAME, antecipou que a rede de lavanderias estava à venda (Stock.xchng)

Daniela Barbosa

Daniela Barbosa

Publicado em 23 de dezembro de 2013 às 15h06.

São Paulo - Os fundos de private equity Advent International e Alothon Group anunciaram, nesta segunda-feira, a venda da Atmosfera, companhia do setor de lavanderias industriais no país, para a Elis, empresa francesa especializada em aluguel e limpeza de materiais têxteis e uniformes profissionais.

Em novembro, a coluna Primeiro Lugar, da revista EXAME, antecipou que a rede de lavanderias estava à venda e que o grupo Elis poderia comprar a operação.

Os detalhes financeiros da operação não foram divulgados, mas parte da aquisição será financiada por meio de recurso fornecido pela Eurazeo, maior acionista da Elis.

Para Xavier Martiré, presidente da Elis, a aquisição representa um marco para a estratégia internacional da companhia, pois vai permitir que a empresa marque presença em um mercado emergente.

Segundo Patrice Etlin, executivo da Advent International e responsável pelos investimentos do fundo no Brasil, a transação complementa o ciclo do trabalho da Advent na Atmosfera.

"Desde nosso investimento na companhia, foram feitas 10 aquisições que fortaleceram a liderança da empresa no segmento de hospital e ampliaram sua presença nos setores industriais e de hotéis", disse.

Com 16 anos no mercado, a Atmosfera é especializada na limpeza e aluguel de uniformes, tapetes, toalhas e lençóis para hospitais, hotéis e indústrias. A companhia deve encerrar 2013 com faturamento de 280 milhões de reais.

Anualmente, a Atmosfera processa mais de 95.000 toneladas de tecidos em oito plantas industriais, que estão localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Santa Catarina.

Acompanhe tudo sobre:AdventEmpresasFusões e AquisiçõesPrivate equity

Mais de Negócios

Empreendendo no mercado pet, ele saiu de R$ 50 mil para R$ 1,8 milhão. Agora, aposta em franquias

Ele quer chegar a 100 lojas e faturar R$ 350 milhões com produtos da Disney no Brasil

Shopee ultrapassa Amazon e se torna segundo e-commerce mais acessado do Brasil em maio; veja a lista

Por que a Cimed está disposta a pagar R$ 450 milhões pela Jequiti

Mais na Exame