AB Inbev compra cervejaria artesanal belga Bosteels

Dona das cervejas artesanais Tripel Karmeliet, Kwak e Deus, companhia estava há sete gerações nas mãos da família fundadora

	Sede de compra: aquisição é mais um passo da belga-brasileira no mercado de cervejas artesanais
 (Thinkstock/photologica)
Sede de compra: aquisição é mais um passo da belga-brasileira no mercado de cervejas artesanais (Thinkstock/photologica)
T
Tatiana VazPublicado em 08/09/2016 às 20:30.

São Paulo – A sede de compra da belga-brasileira AB Inbev parece não ter fim. Agora foi a vez da centenária cervejaria belga Bosteels ser comprada por um valor não divulgado.

A recém-adquirida é a fabricante das cervejas artesanais Tripel Karmeliet, Kwak e Deus, criadas pela família Bosteels, há sete gerações no controle da empresa.

“Por respeito à tradição das marcas, a fabricação seguirá na cidade de Buggenhout, na Bélgica, onde elas sempre foram produzidas”, informou a AB Inbev em comunicado.

As condições do negócio não foram confirmadas, mas a estimativa é que a AB Inbev tenha desembolsado 200 milhões de euros na transação. Heineken teria perdido a disputa.

A compra é mais da série de aquisições de cervejas artesanais que tem sido feita pela AB Inveb nos últimos anos, avida pelo crescimento do segmento no mundo todo – apenas nos Estados Unidos, as bebidas já representam 17% de todo mercado.

No Brasil, as duas maiores compras foram das marcas Wäls e Colorado, em fevereiro e julho de 2015, respectivamente.

Enquanto investe no aumento de portfólio de artesanais, a AB Inbev aguarda a conclusão do terceiro maior negócio da história do mundo em valor: a compra da SAB Miller por 79 bilhões de libras. 

Leia também: 

+ Coca ou PepsiCo? Qual será o próximo alvo da AB Inbev

+ O impacto da fusão entre AB InBev e SABMiller em imagens