Acompanhe:

O presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, afirmou neste domingo, 25, que 31 mil soldados do país morreram, nos dois anos de conflito desde a invasão do país pela Rússia.

Segundo o líder, o número era bem inferior que as estimativas dadas pelo governo do presidente russo, Vladimir Putin. Zelenski falou sobre o tema durante um fórum em Kiev.

Ele acusou Putin e seu círculo de mentirem sobre o confronto. "Mas cada uma dessas perdas é um grande sacrifício para nós", lamentou. O líder disse que não revelaria o número de feridos ou desaparecidos.

LEIA MAIS: Produção local de armas pode mudar rumo da Guerra da Ucrânia, diz biógrafo de Zelensky

O presidente também afirmou que "dezenas de milhares" foram mortos em áreas ocupadas da Ucrânia, mas acrescentou que não haveria números precisos até que a guerra terminasse.

Um veículo de imprensa russo independente, Mediazona, disse no sábado, 24, que cerca de 75 mil russos foram mortos em 2022 e 2023 lutando na guerra. Uma investigação conjunta publicada por ela e pelo Meduza, outro site independente russo, indica que a taxa de perdas da Rússia na Ucrânia não tem diminuído e que Moscou está perdendo cerca de 120 homens por dia.

Com informações da Associated Press 

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
AIEA convoca reunião extraordinária sobre central nuclear ucraniana
Mundo

AIEA convoca reunião extraordinária sobre central nuclear ucraniana

Há 6 horas

Palestinos retornam para cidade destruída no sul de Gaza após saída israelense
Mundo

Palestinos retornam para cidade destruída no sul de Gaza após saída israelense

Há 15 horas

Trégua em Gaza? Hamas examina possibilidade, com libertação de reféns israelenses
Mundo

Trégua em Gaza? Hamas examina possibilidade, com libertação de reféns israelenses

Há 18 horas

Israel e Hamas reduzem expectativas de trégua em Gaza
Mundo

Israel e Hamas reduzem expectativas de trégua em Gaza

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais