Mundo

Varíola de macaco pode ser eliminado da Europa, diz OMS

OMS informou que houve um declínio em 21% de novos casos em todo o mundo após quatro semanas de aumento

OMS: epidemia de varíola dos macacos está retrocedendo (AFP/AFP)

OMS: epidemia de varíola dos macacos está retrocedendo (AFP/AFP)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 30 de agosto de 2022 às 16h19.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) acredita que a epidemia de varíola dos macacos está retrocedendo na Europa. Em coletiva de imprensa, o diretor da OMS na Europa, Hans Henri Kluge, disse que há sinais encorajadores na França, Alemanha, Portugal, Espanha, de que a epidemia deve estar diminuindo. "Precisamos intensificar nossos esforços", afirmou.

Segundo a OMS, a área que inclui o continente, a Rússia e os países da Ásia Central concentra mais de um terço dos casos no mundo. A OMS informou que houve um declínio em 21% de novos casos em todo o mundo após quatro semanas de aumento.

Veja também: 

Biden falará na Pensilvânia sobre segurança e armas de fogo nos EUA

Casa de repouso no Japão 'contrata' bebês para acompanhar seus residentes

Acompanhe tudo sobre:EpidemiasOMS (Organização Mundial da Saúde)Varíola-de-macaco

Mais de Mundo

Biden promete a estudantes que escutará protestos por Gaza e trabalhará por 'paz duradoura'

Japão faz alerta depois de ursos atacarem diversas pessoas no nordeste do país

Espanha chama para consultas embaixadora na Argentina e exige desculpas de Milei

Após dois anos de pausa, Blue Origin, de Jeff Bezos, leva passageiros ao espaço

Mais na Exame