Mundo

Toyota e BMW estudam parceria para veículos ecológicos

Pelo acordo, BMW deve fornecer motores a diesel à Toyota, que, em contrapartida, compartilharia sua tecnologia de veículos híbridos com a fabricante alemã

Toyota quer avançar na tecnologia de carros híbridos como seu modelo Prius (Getty Images)

Toyota quer avançar na tecnologia de carros híbridos como seu modelo Prius (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 26 de novembro de 2011 às 16h30.

Tóquio - A montadora japonesa Toyota Motor e o grupo alemão BMW AG estudam formar uma aliança para a troca de tecnologia voltada ao desenvolvimento de veículos ecológicos, informa neste sábado a agência de notícias 'Kyodo', citando fontes ligadas à negociação.

O acordo implicaria que a BMW fornecesse motores a diesel à Toyota, que, em contrapartida, compartilharia sua tecnologia de veículos híbridos com a fabricante alemã.

Com o eventual acordo, as duas empresas buscariam cortar custos em seus respectivos departamentos de tecnologia e, ao mesmo tempo, responder ao crescimento da demanda de veículos a diesel nos mercados desenvolvidos.

A Toyota, especificamente, busca estimular o segmento de veículos a diesel na Europa, enquanto a BMW deseja ampliar sua competitividade no setor de veículos ecológicos com novos modelos híbridos.

Segundo a agência de notícias japonesa, a montadora japonesa já começou a verificar se os motores a diesel da BMW podem ser adaptados a seus veículos de passageiros.

Se for concretizada, esta será a segunda parceria internacional da Toyota neste sentido. Em agosto passado, a companhia articulou um acordo com a americana Ford para fabricar caminhões e picapes híbridas, que seriam lançados no fim desta década.

Acompanhe tudo sobre:AutoindústriaBMWCarrosCarros elétricosCarros híbridosEmpresasEmpresas alemãsEmpresas japonesasMontadorasToyota

Mais de Mundo

Muro 'anti-Haiti' vira bandeira eleitoral na República Dominicana

Grécia vai construir a maior 'cidade inteligente' da Europa, com casas de luxo e IA no controle

Seis mortos na Nova Caledônia, onde Exército tenta retomar controle do território

Guerra nas estrelas? EUA ampliam investimentos para conter ameaças em órbita

Mais na Exame