Mundo
Acompanhe:

Tempestade tropical Lisa avança em direção ao México após atingir Belize

Chuvas fortes, tempestades e inundações repentinas são esperadas no norte da Guatemala e no sudeste do México nos próximos dias

Tempestade tropical Lisa: Rua inundada devido às fortes chuvas antes da chegada do furacão na cidade de Belize (AFP/AFP Photo)

Tempestade tropical Lisa: Rua inundada devido às fortes chuvas antes da chegada do furacão na cidade de Belize (AFP/AFP Photo)

A
AFP

Publicado em 3 de novembro de 2022, 11h37.

A tempestade tropical Lisa perdeu intensidade nesta quinta-feira (3) depois de atingir o solo como furacão de categoria 1 em Belize, provocando inundações e deixando partes do país sem energia elétrica enquanto seguia rumo ao oeste para o México. 

Tanto Belize quanto o México retiraram seus alertas de tempestade tropical costeira quando Lisa se degradou e seguiu para oeste a 17 quilômetros por hora, afirmou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos, com sede em Miami, por volta das 9h00 GMT (6h00 no horário de Brasília).

Os meteorologistas alertaram que a costa turística da América Central e a Península de Yucatán, que divide o Golfo do México do mar do Caribe, bem como o sudeste do México, devem continuar monitorando o avanço de Lisa, cujos ventos máximos sustentados diminuíram para cerca de 75 km /h.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Chuvas fortes, tempestades e inundações repentinas são esperadas no norte da Guatemala e no sudeste do México nos próximos dias, com a tormenta enfraquecendo ainda mais à medida que avança para o interior.

Lisa entrou no continente às 21h20 GMT (18h20 em Brasília) na quarta-feira, perto da foz do rio Sibun, cerca de 15 quilômetros a sudoeste da cidade de Belize, arrancando árvores, derrubando linhas de energia e inundando ruas. Segundo o NHC, os ventos chegaram a 140 km/h.

"É muito perigoso para nós" porque em Belize tudo "inunda rapidamente com um pouco de chuva", disse à AFP Jasmin Ayuso, secretária de 21 anos.

O governo de Belize declarou estado de emergência em dois distritos, enquanto o toque de recolher permaneceu em vigor até o início da manhã desta quinta-feira.

Cortes de energia em Belize

Algumas partes de Belize ficaram sem energia elétrica quando a tempestade afetou este país de aproximadamente 405.000 habitantes.

A empresa de eletricidade de Belize, BEL, afirmou no Facebook que está ciente dos cortes de energia que afetam várias regiões do país. "Garantimos ao público que nossas equipes estão recebendo os relatos de danos ao sistema elétrico, inclusive postes e linhas elétricas derrubados", afirmou.

As escolas e a maioria dos estabelecimentos comerciais fecharam antes da tempestade e o governo instalou vários refúgios.

Na Cidade de Belize e áreas próximas, a imprensa exibiu imagens de prédios danificados pela passagem de Lisa, com ruas alagadas e árvores derrubadas.

A tempestade deve perder ainda mais força e virar uma depressão tropical no final do dia, antes de se dissipar sobre o México.

VEJA TAMBÉM: