Acompanhe:

Polícia europeia desmonta rede de tráfico de cocaína entre Brasil, França e Portugal

Investigação foi aberta em 2022, depois de a alfândega ter descoberto fardos com 124,28 kg de cocaína no tanque de água de um navio

Modo escuro

Continua após a publicidade
Tráfico de drogas: criminosos vendiam produtos ilegais entre o Brasil e países europeus (Thierry Dosogne/Getty Images)

Tráfico de drogas: criminosos vendiam produtos ilegais entre o Brasil e países europeus (Thierry Dosogne/Getty Images)

Três pessoas foram detidas na França e outras três serão entregues à Justiça após serem capturadas em Portugal, no âmbito de uma investigação sobre uma rede de tráfico de cocaína do Brasil.

A investigação foi aberta em 26 de maio de 2022 em La Rochelle, cidade situada na costa da França, depois de a alfândega ter descoberto três fardos com 124,28 kg de cocaína no tanque de água de um navio, anunciou o procurador de Rennes, Philippe Astruc, em comunicado.

O navio, com bandeira da Líbia, transportava celulose do Brasil para fazer papel, disse ele. A investigação revelou “a chegada à França, ao porto de La Rochelle, de outros dois navios vindos do Brasil que também transportavam cocaína, antes do primeiro navio atracar”, continuou.

O Ministério Público informou que a “gestão logística” foi feita a nível europeu para “alimentar as subsidiárias de distribuição na França e Portugal”. “A mercadoria apreendida tinha como destino o mercado francês”, explicou.

Seis pessoas foram detidas no dia 12 de dezembro: duas em Marselha (sul), uma em Nice (sul) e três em Lisboa (Portugal). Outro suspeito, originário de Marselha e preso por outros crimes, deverá comparecer perante um juiz.

O comunicado afirma que as investigações levaram à apreensão de “vários relógios e veículos de luxo, bem como munições para armas das categorias B e C” em Marselha. Em Lisboa, os investigadores encontraram € 125 mil (cerca de US$ 137 mil) em dinheiro numa casa, num veículo de alto valor e num barco.

Os detidos na França, entre os 20 e os 42 anos, são naturais do país.

“Foram emitidos mandados de detenção europeus contra os três cidadãos portugueses, homens entre os 45 e os 65 anos. Encontram-se neste momento à disposição do juiz de instrução francês”, acrescentou o procurador.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Parlamento Europeu vota reforma migratória com regras mais rígidas na UE
Mundo

Parlamento Europeu vota reforma migratória com regras mais rígidas na UE

Há 14 horas

Bolsas da Europa sobem, com ganhos liderados por ações de tecnologia, à espera do CPI dos EUA
seloMercados

Bolsas da Europa sobem, com ganhos liderados por ações de tecnologia, à espera do CPI dos EUA

Há 16 horas

Bolsas da Europa fecham na maioria em baixa, em dia de agenda fraca antes de BCE
seloMercados

Bolsas da Europa fecham na maioria em baixa, em dia de agenda fraca antes de BCE

Há um dia

Em decisão histórica, Tribunal condena Suíça por responsabilidade climática
ESG

Em decisão histórica, Tribunal condena Suíça por responsabilidade climática

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais